Mensagem Bíblica com o Pr. Levi Costa

sábado, 21 de maio de 2016

Culto do Propósito na ADCV


Está acontecendo em nossa igreja, Assembleia de Deus Caminho de Vida (ADCV), em Planaltina-DF, CAMPANHA “CULTO DO PROPÓSITO”, todas as quintas-feiras às 19h30. O primeiro culto foi realizado no dia 19 de de maio de 2016. Esta campanha tem por finalidade a manifestação do poder de Deus no propósito de cada participante da campanha, operando nas mais variadas causas e necessidades das pessoas. 

Servimos a um Deus VIVO e Todo-Poderoso, mas onde está a operação do seu poder? Ele mesmo diz através do profeta Isaias: "Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; operando eu, quem impedirá?" (Is 43.13). Precisamos ter a mesma confiança no agir de Deus como teve Jó ao afirmar: " Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido." (Jó 42.2). Abraão, por sua vez, estava certíssimo que o Senhor era poderoso para cumprir aquilo que lhe prometera, assim, Abraão alcançou a sua benção (Rm 4.21).

O problema é que nós ficamos a admirar os servos de Deus do passado, conforme o relato bíblico, mas eles passaram! Agora é a nossa vez! Deus não mudou, Ele operou no passado e ainda opera no presente, ALELUIA! Aliás, o apóstolo Paulo afirmou dizendo: "Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera," (Ef 3.20). E então porque não vemos o poder de Deus em ação nos dias de hoje como nos tempos bíblico? Será que o problema está em Deus? NÃO! JAMAIS! Nós é que não estamos certíssimos que o Senhor nosso Deus pode fazer infinitamente mais além do que pedimos ou pensamos, está é a questão. 

Diante dos temores e receios de Marta o Senhor Jesus Disse-lhe: "Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?" (Jo 11.40). Nós cremos para ver, e não o contrário, como faz o mundo, Jesus disse: "SE CRERES VERÁS", aleluia! Quando o pai daquele jovem lunático (endemoninhado) falou com os discípulos de Jesus para curar seu filho, estes nada puderam fazer, chegando Jesus (que estava no monte orando), e percebendo o movimento, perguntou qual era o motivo da discussão, o aflito pai relata o que estava ocorrendo e o fracasso dos discípulos na tentativa de ajudá-lo, então apelando para Jesus disse: "... mas, se tu podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos. E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer; tudo é possível ao que crê. E logo o pai do menino, clamando, com lágrimas, disse: Eu creio, Senhor! Ajuda a minha incredulidade." (Mc 9.22-24). Jesus quis dizer que a questão não é se Ele (Jesus) pode operar o milagre, mas se o pai (e nós hoje) podia crer que Ele (Jesus) o faria, pois "TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRER", o pai entendendo a mensagem disse crer, mas pediu ajuda na sua incredulidade. Conclusão da questão: nós cremos e ao mesmo tempo não cremos, mas há solução, peça a ajuda do Senhor na sua incredulidade.

"FÉ, é crer que O Senhor Deus é e faz
tudo aquilo que a Sua Palavra 
diz que Ele é e que Ele faz."

O Deus que a Bíblia revela é muito grande para tão pequena fé que às vezes nós depositamos N'Ele. Como disse certo escritor: "O SEU DEUS É DO TAMANHO DA SUA FÉ, se a sua fé é grande, o seu Deus será grande, mas se sua fé é pequena o seu deus será pequeno", já pensou?! A diferença entre os servos de Deus está na fé que cada um tem n'Ele. Veja o que a Palavra diz em matéria de fé: "Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam." (Hb 11.6). Ao nos aproximarmos do Senhor é necessário crer que Ele é uma PESSOA viva e real que nos ama e que tem o melhor para nós, Ele é o Criador e Senhor do Universo, mas que se preocupa com os seus servos, você e eu. Veja na Sua Palavra: "E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás." (Sl 50.15). "Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes." (Jr 33.3). O profeta Isaías com muita propriedade disse: "Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera." (Is 64.4).

Nessa fé queremos convidar a todos para estar conosco apresentando o seu propósito diante do Senhor toda quinta-feira às 19h30 em nossa Igreja. Estaremos em consagração (jejum e oração) em favor do propósito daqueles que estiverem participando do culto. Com certeza o Senhor fará maravilhas para a Sua glória e para o Seu louvor. Diz o salmista: "Provai e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nele confia." (Sl 34.8). Confie no Senhor e venha provar da Sua bondade em nos responder segundo o propósito que a Ele apresentamos com fé. 

Venha ao “CULTO DO PROPÓSITO”, e traga o seu propósito que o apresentaremos ao Senhor. Todas as quintas-feiras às 19h30min.

Assembleia de Deus Caminho de Vida (ADCV), Planaltina-DF.

(Pr. Levi Costa)

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Michel Temer foi maçom por 14 anos


Michel Temer foi maçom por 14 anos

Presidente interino do Brasil abandonou a maçonaria em 2015.

Ao contrário de Dilma, que não falava abertamente sobre religião, o presidente interino do Brasil, Michel Temer, tem dito repetidas vezes que é cristão e precisa das orações do povo. Ele realizou um culto em seu gabinete imediatamente após assinar a posse.

Temer é próximo dos deputados da bancada evangélica e foi visto em reuniões de oração com alguns deles. Vem sendo defendido constantemente por Marco Feliciano, que sofreu muitas críticas por isso.

O presidente afirma ser católico romano, embora sua família venha da tradição maronita (rito oriental). Alvo durante muito tempo de boatos sobre seu envolvimento com satanismo, isso recentemente foi desmentido por Daniel Mastral.

Entretanto, ele não nega que pertenceu a maçonaria por 14 anos, entre 2001 e 2015. O fato é amplamente conhecido, tendo sido alvo de polêmica por causa de alterações na página da Wikipedia sobre ele.

Agora, ele parece disposto a esclarecer que isso é passado. Michel foi membro da Loja Simbólica Colunas Paulistas, no bairro Pinheiros, uma das mais nobres de São Paulo. Mas nunca ocupou cargos importantes dentro da organização.

Ingressou na “sociedade discreta” em dezembro de 2001, como “aprendiz”. Nessa época era deputado federal em quarto mandato. Quatorze meses depois, assumiu o posto de “companheiro”. Em janeiro de 2004, em sua última promoção, tornou-se “mestre”. A partir de então adquiriu plenos direitos, podendo votar e ser votado para cargos dentro da organização. Contudo, não assumiu nenhum.

Segundo registros da maçonaria, em 2015, no início de seu segundo mandato de vice-presidente, pediu desligamento. A ação é conhecida como “Quite Placet”. Desde então, não está filiado a nenhuma unidade da associação. O motivo para esse afastamento não foi divulgado.

Cercada de “segredos”, as lojas maçônicas surgiram na Europa, durante a Idade Média. Seus membros afirmam que não se trata de uma religião, mas sim de uma filosofia.

Seu objetivo declarado é “o aperfeiçoamento moral e espiritual”. Embora nos termos bíblicos um evangélico não possa participar dessa sociedade, que possui ensinamentos que contradizem o evangelho, muitas denominações permitem que seus membros e até líderes sejam maçons. 

Fonte: Gospel Prime 
Com informações de Zero Hora

Cegueira em relação a Israel


Teólogos sem entendimento

Como é possível que tantos teólogos tenham tão pouco entendimento quando se trata da Palavra Profética de Deus? Como é possível que muitos cristãos questionem o direito bíblico de Israel à sua terra? Como é possível que teólogos cheguem a afirmar que "todo cristão que tenta justificar a reivindicação de Israel à Palestina, é um descrente que nega a Deus e a Cristo"? Esse anti-sionismo não tem suas raízes no anti-semitismo, mas no antiquíssimo antijudaísmo.

Em seu panfleto "Contra os Judeus", St. Hipólito (falecido em 236 d.C.) escreveu que os judeus deveriam ser escravos dos povos não por 70 anos, nem por 430 anos, como no Egito, mas "para sempre"! Apesar disso, todos os anos a Igreja Católica festeja o dia de St. Hipólito. St. Atanásio (295-373), que goza de grande veneração como mestre da igreja e é lembrado a cada ano, ensinava que "os judeus são piores que o diabo". St. Efraim (306-373), cuja memória é celebrada anualmente, louvava: "Salve, ó igreja, que estás livre do cheiro dos fedorentos judeus!" Esses "Pais da Igreja", canonizados como santos, foram muitas vezes os mais selvagens inimigos dos judeus.

O grande reformador Martim Lutero também se perdeu em sua inimizade contra os judeus e escreveu no fim de sua vida: "Quero dar-lhes um precioso conselho. Em primeiro lugar, queimem as suas sinagogas e escolas com fogo, e o que não queimar cubram com terra para que pessoa alguma veja delas sequer uma pedra ou ruína para sempre. Isso deve-se fazer em honra a nosso Senhor e ao cristianismo, para que Deus veja que somos cristãos".

No livro "Das antike Weltjudentum" ("Judaísmo Mundial Antigo") publicado em 1943 peloReichsinstitut für Geschichte (Instituto Histórico do Reich) da Alemanha, os teólogos Eugen Fischer e Gerhard Kittel (conhecido pelo seu Dicionário Teológico) perderam-se em seu antijudaísmo a ponto de considerarem os judeus uma raça inferior por causa do formato de seu nariz.

Quando examinamos as doutrinas desses mestres eclesiásticos, constatamos que elas contêm muitos enganos que conduziram a cristandade por caminhos errados. Mas, como nascem esses enganos que revelam a cegueira espiritual?

Na minha opinião, uma das razões reside no fato de interpretar-se erradamente a passagem de Zacarias 2.8: "aquele que tocar em vós toca na menina do seu olho".Muitos pensam que trata-se da menina dos olhos de Deus. Um exame etimológico dessa expressão mostra, porém, que aquele que toca Israel toca a menina de seus próprios olhos, ou seja, cega a si mesmo para a verdade.

Arnold Ehrlich, um estudioso da Bíblia, escreveu em 1914 em sua obra "Randglossen zur Hebräischen Bibel": "...o sufixo no termo eino (do seu olho) refere-se à expressãohanogea (aquele que tocar). Sua relação com JHWH [Javé, o Senhor] seria irreverente e não teria cabimento. O sentido é: alguém que danifica seu próprio olho, perdendo sua visão sem poder culpar a outrem por isso".

O especialista em hebraico Dr. Mendel Hirsch escreveu a respeito de Zacarias 2.8: "Quem maltrata a Israel toca na menina de seus próprios olhos, minando a base de sua própria existência."

Isso responde à pergunta por que existem tantos teólogos que são verdadeiros cegos guiando outros cegos. Em algum momento eles tocaram em Israel e agora lhes falta a visão espiritual! 

Fonte: beth-shalom.com.br

Fatos escatológicos, eventos finais



Por Pr. Levi Costa

Só no Novo Testamento a volta de Cristo é mencionada cerca de 318 vezes. Se essa fosse uma doutrina morta, e já abandonada como falsa, deveríamos simplesmente esquece-la. Mas se Deus revelou a Simeão pelo Espírito Santo que ele não morreria sem ver o Messias, isto é, a primeira vinda de Jesus, Ele pode fazer a mesma coisa hoje em relação à segunda vinda do Senhor.

A vinda do Senhor Jesus acontecerá em duas fases distintas. A primeira fase será invisível para o mundo, por se tratar do arrebatamento da Igreja. A segunda fase será visível a todos, pois será a vida de Jesus em glória com a Igreja que fora antes arrebatada.

Na sequência dos acontecimentos finais, dois deles subsequentes ao arrebatamento acontecerão no céu, que são: o Tribunal de Cristo e as Bodas do Cordeiro. O julgamento perante o tribunal de Cristo nada tem a ver com salvação ou condenação, mas tem a ver com a avaliação do trabalho dos salvos arrebatados e ali presentes, se estes receberão recompensa ou não. Logo depois se dará entrada às Bodas do Cordeiro que é a festa de casamento de Cristo e sua Noiva, a Igreja. Enquanto isso estará ocorrendo na Terra a Grande Tribulação, que será um período de grandes contrastes. Começará com uma fase de grande paz e glória mundial para então se desintegrar numa fase de horror e caos mundial.

O propósito da Grande Tribulação, em primeiro plano, é tratar com a nação de Israel, mas todas as nações em geral sofrerão as consequências do juízo de Deus.

Deus tem dividido a história da humanidade em dispensações. Das sete dispensações cinco já foram concluídas, são elas: inocência, consciência, governo humano, patriarcal e lei. Estamos vivendo agora a dispensação da graça que dará lugar a dispensação milenial. Deus deu para cada uma das dispensações um propósito ou missão e todas elas deveriam ter um início e um fim, portanto, esta era atual, ou este período de tempo chamado graça, terá um fim, o que marcará este fim? Dois grandes eventos marcarão o fim da atual dispensação: o arrebatamento da igreja e a volta visível de Jesus sete anos após a igreja ter sido arrebatada ao céu. Terá lugar, então, 7ª e última dispensação da história humana, ou seja, o Milênio. Após isso, Julgamento Final e eternidade.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Os ministros do governo Michel Temer

Notificado pelo Senador Vicentinho Alvez (esq.) Michel Temer toma posse como Presidente da República. Foto DP by Marcos Corrêa/VPR

Logo após ter sido notificado da decisão do Senado Federal, que aprovou na manhã desta quinta-feira, 12, a abertura de processo de impeachment e o afastamento por até 180 dias de Dilma Rousseff da Presidência da República, o vice-presidente Michel Temer anunciou por meio de sua assessoria os nomes dos ministros que integrarão o ministério do novo governo. Do site Diário do Poder.

OS NOVOS MINISTROS

Ministérios do Governo Temer 

Casa Civil: Eliseu Padilha (PMDB/RS)
Secretaria de Governo: Geddel Vieira Lima (PMDB/BA)
Fazenda (Incorpora Previdência): Henrique Meirelles (PSD/SP)
STN: Mansueto de Almeida
- Secretário Executivo: Carlos Hamilton Araújo
- SPE: Marcos Mendes
Planejamento - Romero Jucá (PMDB/RR)
- Secretário Executivo - Dyogo de Oliveira
- Chefe da Assessoria Econômica - Manoel Pires
Justiça e Cidadania: Alexandre Moraes (PSDB/SP)
Educação: (incorpora Cultura): Mendonça Filho (DEM/PE)
Saúde: Ricardo Barros (PP/PR)
Relações Exteriores (incorpora Apex): José Serra (PSDB/SP)
Turismo: Henrique Alves (PMDB/RN) 
Integração Nacional: Eduardo Braga (PMDB/AM)
Cidades: Bruno Araújo (PSDB/PE)
Minas e Energia: indicação da bancada do PSB no Senado
MDIC: Marcos Pereira (PRB)
Esportes: Leonardo Picciani (PMDB/RJ)
Desenvolvimento Agrário e Social: Osmar Terra (PMDB/RS)
Agricultura, Pecuária e Abastecimento: Blairo Maggi (PP/MT)
Transportes (Incorpora Aviação Civil e Portos): Maurício Quintella (PR/AL)
Comunicações, Ciência e Tecnologia: Gilberto Kassab (PSD/SP)
Ministério da Transparência e do Combate à Corrupção (Ex-CGU): Fabiano Silveira
Defesa: Raul Jungmann (PPS/PE)
Trabalho: Ronaldo Nogueira (PTB/RS)
Meio Ambiente: Sarney Filho (PV/MA)

Sem status de ministério: 

Secretaria Especial de Investimento: Moreira Franco (PMDB/RJ)
AGU: Fábio Medina Osório
Banco Central: Ilan Goldfajn

*Leonardo Quintao será o Líder do PMDB na Camara*

quinta-feira, 12 de maio de 2016

‘Governo Federal: Ordem e Progresso’ será o slogan de Temer

ordem e progresso

Definido na véspera de o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), assumir nesta quinta-feira, 12 a presidência, o slogan do novo governo será “Governo Federal: Ordem e Progresso”.

Segundo o marqueteiro Elsinho Mouco, um dos responsáveis pela criação do novo conceito, a ideia é ter uma mensagem “forte, concisa e atual”. Ele passou parte do dia desta quarta-feira, 11, reunido com a equipe de Temer para fechar os últimos acertos sobre o planejamento da imagem do novo governo.

“Recuperar o País da desorganização política, econômica e social e retomar o crescimento econômico, é a tradução do conceito de Ordem e Progresso. A ideia era criar algo forte, conciso e atual. Acho que conseguimos”, afirmou Mouco ao jornal O Estado de S. Paulo.

O novo lema vai substituir o “O Brasil: Pátria Educadora” criado pelo governo Dilma Rousseff (PT) no início do segundo mandato da petista.

A imagem criada para o novo slogan coloca em destaque a esfera celeste da bandeira do Brasil com a frase “Ordem e Progresso” e, ao fundo, em branco a palavra “Brasil” e a expressão “governo federal”.

Pronunciamento

Após ser notificado sobre a decisão de afastamento da presidente Dilma, o vice-presidente realizará um pronunciamento na tarde desta quinta-feira no Palácio do Planalto.

Em meio à correria dos preparativos para assumir o comando do País e das negociações com integrantes da futura base aliada, Temer falou ao jornal O Estado de S. Paulo sobre o seu primeiro discurso como presidente. “Vai ser a pacificação e unidade do País, além do crescimento da economia. Vamos tomar medidas para isso”, disse.

Questionado se também anunciará nesta quinta-feira as propostas que o novo governo pretende tomar na área econômica, Temer respondeu: “Vamos usar essa frase genérica, as medidas virão depois”.

Segundo ele, por outro lado, a nova equipe ministerial deverá ser apresentada durante o pronunciamento. “O ministério anuncio amanhã (quinta-feira)”, afirmou Temer.

Fonte: IstoÉ

MINHA OPINIÃO:

Se for verdade mesmo, está APROVADÍSSIMO! Pois é tudo o que o Brasil precisa neste momento: ORDEM E PROGRESSO. Havendo ordem, o progresso vem como consequência natural, pois sem ordem jamais haverá progresso algum. Portanto: "GOVERNO FEDERAL: ORDEM E PROGRESSO", como no dizer em nossa Bandeira Nacional, usado como logomarca do atual governo. Cabe agora a este governo cumprir com o seu slogan, vamos ver! Enquanto isso, oremos por nossa nação e por nossos governantes. E que um dia possamos cantar: "JÁ RAIOU A LIBERDADE NO HORIZONTE DO BRASIL". É o que eu desejo, independente de qual seja o governo e de qual seja o partido a governar, com tanto que seja ele um governo do povo, pelo povo e para o povo. O MEU PARTIDO É O MEU PAÍS.

- Levi Costa, cidadão brasileiro.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Sinais da volta de Jesus


Por Pr. Levi Costa

Quando estavam com o Senhor no Monte das Oliveiras os discípulos lhe perguntaram acerca dos acontecimentos finais e dos sinais da Sua vinda – Mt 24.3.

Sinais relacionados a Israel: O vale de ossos secos, Ez 37.1-11.

Faz referência à restauração nacional, moral e espiritual de Israel. Parte já se cumpriu, (restauração nacional), Outra está se cumprindo, (restauração moral). Finalmente se cumprirá a restauração espiritual mediante a Grande Tribulação com a intervenção de Cristo.

A volta dos judeus à sua terra foi um fato marcante na escatologia bíblica. Tal acontecimento foi profetizado por Isaías muito séculos antes. Jesus antecipou a restauração de Israel, como nação, ao mencionar o brotar da figueira, árvore que é símbolo da nação judaica – Is 66.8; Jr 24.5 e Mt 24.32-34.

A existência do povo judeu é prova da existência de Deus. Israel é o relógio escatológico de Deus que marca os desígnios divinos para o final da história da humanidade. Ninguém jamais poderá tirar o povo judeu de sua terra pátria – Jr 24.6.

Sinais relacionados ao mundo e à Igreja - Mt 24.3-14.
- Falsos Cristos – v. 4,5 São falsos messias que surgem e enganam muita gente desavisada e ingênua – (Mc 13.21,22).

- Guerras – v. 6 O mundo já passou por duas grandes guerras. A I Guerra Mundial teve inicio em 1914 e acabou em 1918, causando a morte de mais de 8 milhões de soldados e 6,5 milhões de civis. A II Guerra Mundial durou de 1939 a 1945. Os mortos são estimados em 50 milhões, a maioria civil. Só judeus morreram 6 milhões.

- Fome, peste e terremotos – v. 7,8: Hoje, os três mais importantes espaços vitais da humanidade estão comprometidos, a saber: O ar, a água e a terra. Trazendo consequências desastrosas para a vida no globo.

- Perseguição aos cristãos – v. 9: Sem sombra de dúvidas, o Cristianismo é hoje a religião mais perseguida do mundo, principalmente nos países comunistas com a China e a Coréia do Norte e nos países dominados pelo Islã. 

- Escândalos na igreja – v. 10,11: Isso decorre do joio que cresce junto com o trigo, trazendo escândalos e heresias para a igreja – Mt 18.6,7; 2Pd 2.1-3.

- Multiplicação da iniquidade – v. 12,13: O sentido aqui para iniquidade tem a ver com coisas ilegais e liberdade sem lei. O aumento da iniquidade leva à violação dos princípios divinos estabelecidos na Palavra. Esta é a realidade do mundo de hoje – Is 5.20; Rm 1.28-32; 1 Tm 3.1-5; 2 Tm 4.1-3.

- A pregação do Evangelho – v. 14: Ainda existem muitos povos não alcançados pelo evangelho, contudo, em termos gerais, o evangelho já chegou aos confins da terra.

Há outros sinais de aspectos sociais, morais e religiosos que apontam para o tempo do fim. É certo que estes sinais não estão apenas no tempo do fim, mas por todo o decorrer da história da igreja, o que os escritores queriam deixar claro é que no fim dos tempos estes sinais se tornariam evidentes e corriqueiros, são eles:

- Apostasia - (1 Tm 4.1a). A tradução de apostasia é revolta, rebelião, afastamento doutrinário e religioso. A igreja de Laodiceia, que é uma representação da igreja atual, traz consigo a evidente marca da apostasia espiritual (Ap 3.14-22).

- A generalização de desvios doutrinários - (1 Tm 4.1b,2). Paulo dá o motivo da apostasia: os desvios doutrinários. As igrejas se tornam a cada dia mais politizadas e menos espirituais, mais humanistas e menos cristocêntricas.

- Degradação moral generalizada - (2 Tm 3.1-4). Este texto tem uma relação muito estreita com Romanos 1.28-32, onde o contexto fala da condição pecaminosa em que se encontra a humanidade. Paulo refere-se a este tempo como “tempos difíceis”.

- Desenvolvimento da ciência e transportes - (Dn 12.4). O tempo do fim será marcado por um avanço tecnológico sem precedentes, este seria também estendido aos meios de transporte. Deus revela a Daniel que as pessoas esquadrinhariam a terra, ou seja, iriam de uma parte à outra, também lhe é dito sobre uma multiplicação da ciência, tudo isso temos visto desde o início do século XX.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...