SEJA UM SEGUIDOR DESTE BLOG

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Dilma faz uso perfeito do 'dilmês' no Jornal Nacional

Presidente-candidata abusou de frases longas e rodeios e se esquivou dos temas mais espinhosos – em alguns casos, simplesmente porque não respondeu.


Em entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo, nesta segunda-feira, a presidente-candidata Dilma Rousseff lançou mão do mais puro dilmês: frases longas e confusas, engatadas umas nas outras. Por mais de uma vez, ela insistiu em concluir suas longas explanações: "Só um pouquinho, Bonner", dizia. Dilma ultrapassou em quase 50 segundos o tempo de 15 minutos destinado a ela. Mas desta vez o dilmês pode ter jogado a seu favor. Numa sala do Palácio da Alvorada, e não nos estúdios da Rede Globo, os entrevistadores — além de Bonner, Patricia Poeta — só conseguiram lhe fazer quatro perguntas. Se da entrevista não resultou nenhum slogan de campanha, ela tampouco será lembrada por uma frase negativa, com o reconhecimento de um erro ou malfeito. Diante das interpelações mais duras, Dilma se escondeu atrás de sua barragem de palavras. 

Na primeira pergunta, William Bonner tratou dos muitos escândalos do governo petista e perguntou se era difícil escolher pessoas honestas para preencher os cargos do governo. A presidente não respondeu diretamente: optou por tratar das instâncias de combate à corrupção. "Nós fomos o governo que mais estruturou os mecanismos de combate à corrupção, a irregularidades e malfeitos", disse ela, que também minimizou os escândalos. "Nem todas as denúncias de escândalo resultaram em realmente a constatação que a pessoa tinha de ser punida e seria condenada".

A petista também se escudou convenientemente no cargo e foi evasiva quando o apoio do PT aos mensaleiros condenados por corrupção pelo Supremo Tribunal Federal foi colocado em pauta: "Eu não vou tomar nenhuma posição que me coloque em confronto, conflito, ou aceitando ou não (sic). Eu respeito a decisão da Suprema Corte brasileira. Isso não é uma questão subjetiva".

Em seguida, Dilma afirmou que a troca de César Borges por Paulo Sérgio Passos no Ministério dos Transportes – uma exigência do PR, envolvido em casos de corrupção na própria pasta, para apoiar a reeleição da petista – foi feita com base na integridade do nome indicado pela sigla. "Os partidos podem fazer exigências. Mas eu só aceito quando considero que ambos são pessoas íntegras e não só integras, são competentes", afirmou.

Quando o assunto foi economia, a estratégia foi a mesma: William Bonner perguntou se o governo não havia errado em nenhum momento na reação à crise internacional. A resposta foi o discurso-padrão apresentado pela presidente nos últimos meses: "Nós enfrentamos a crise pela primeira vez no Brasil não desempregando, não arrochando salário, não aumentando tributos e sem demitir", disse ela.

Em um dos poucos momentos significativos da entrevista, a presidente acabou admitindo que a saúde não está em padrões minimamente razoáveis: "Não acho", disse ela, antes de desandar a falar sobre o Mais Médicos, uma das bandeiras de sua campanha.

Já com o tempo estourado, Dilma ainda tentou pegar carona na comoção que tomou o país com a morte do candidato do PSB, Eduardo Campos, cuja frase final no Jornal Nacional – "Não vamos desistir do Brasil" –virou lema do PSB. "Eu acredito no Brasil", disse Dilma, que foi interrompida uma última vez enquanto tentava pedir votos aos eleitores.

Fonte: Site da Revista Veja



segunda-feira, 18 de agosto de 2014

É IMPRESSIONANTE COMO BRASILEIRO TEM MEMÓRIA CURTA!

Foto: É IMPRESSIONANTE COMO BRASILEIRO TEM MEMÓRIA CURTA! Esse povo deve ter uma falha genética que causa isso, só pode!

Lembrem-se do caso da TAM em 1996, onde aparentemente sabotaram o REVERSO do avião FOKKER 100 e caiu!

Lembrem-se do caso MAMONAS ASSASSINAS, onde o avião atingiu uma montanha numa velocidade muito maior, explodiu, bateu em milhares de árvores e como ficaram os destroços e os corpos? Muito diferentes do caso Eduardo Campos!

Lembrem-se do caso recente da Ucrânia, onde um avião comercial a 10.000 pés foi abatido por um míssil, explodindo e tiveram inúmeros destroços volumosos e corpos aos invés de fragmentos!

Aí vêm um monte de "INOCENTES" dizer que foi apenas um acidente, nada mais, sem espaço para indagações divergentes. Bem, e porque em maio/2014 a presidenta Dilma sancionou uma lei (n. 12.970) que acarretou na proibição do Ministério Público de investigar acidentes aéreos, somente podendo fazê-lo por ordem judicial (mordaça igual a da PEC 37)?  Porque os destroços em geral e restos mortais não ultrapassaram 20 centímetros? Porque as testemunhas afirmaram que o avião estava já pegando fogo antes de tocar o solo e ninguém fala disso? Porque não dizem que este modelo de jato nunca havia sofrido uma queda com vítimas no mundo inteiro? Porque não dizem que o jato estava todo manutenido e era novo, mas já bem experimentado? Porque não falam que os pilotos eram muito experientes e que as condições no exato local não estavam tão ruins? Porque não dizem que um jato superpotente, um dos pais modernos do mundo, com 2 turbinas faz arremetidas facilmente (mesmo com apenas uma delas)? Porque não dizem que esta é uma manobra comum? Porque tentam culpar o piloto dizendo que estava cansado, se ele falou normalmente com a torre e ainda conseguiu desviar dos prédios? Se ele conseguiu desviar dos prédios, em condição de iminente queda e com o avião pegando fogo, não iria conseguir fazer uma manobra de arremetimento antes? Porque a caixa-preta não registrou somente o vôo da queda? Você já ouviu isso acontecer em outro acidente aéreo?

Porque o Ministro do TSE, Dias Toffoli (indicado pelo PT), não irá realizar testes públicos de segurança com as urnas eletrônicas nestas eleições (única em que isso não ocorreu)? Porque Lula em seu exercício, implantou a troca do software das urnas eletrônicas que eram da Microsoft com código fechado, para um de código aberto, onde ficaram vulneráveis para fraudes? Porque LULA falou num vídeo com Dilma (veja no youtube) "eles não sabem do que somos capazes de fazer para garantirmos a reeleição"? Porque o PT e a presidenta estão tão quietos neste momento pós-morte do candidato do PSB, já que eram tão próximos (Eduardo foi ministro do governo Lula e sempre foi aliado político historicamente)?

Porque os EUA enviaram nota de preocupação (algo raríssimo de acontecer)? Porque os EUA enviaram peritos para investigar (do órgão deles correspondente a ANAC) juntamente com os técnicos da empresa fabricante do jato?

Lembrem-se de que JOAQUIM BARBOSA saiu da presidência do STF de modo estranho e apático, onde, nos bastidores, dizem que saiu por ter tido sua família ameaçada! Com a saída dele soltaram do presídio JOSÉ DIRCEU e agora, mais recentemente, José Genuíno!

Porque era importante soltar José Dirceu? Por que ele era o articulador e mentor do PT, nas campanhas e na política! O PT precisava dele neste momento de eleições a todo e qualquer custo! Dirceu é um indivíduo que intimida e coloca medo até nos membros importantes do PT! Sempre foi ele quem mandava no PT! No governo Lula era dito que ele era o verdadeiro presidente, lembram?

JOSE DIRCEU E DILMA eram inimigos declarados de Eduardo Campos, foi por causa de Dirceu que Campos rachou com o PT!

Lembrem-se do CASO CELSO DANIEL, onde tentaram culpar até a porta da Mitsubishi daquele! Neste caso, o acusado do crime de ASSASSINATO foi o empresário "Sombra", porém é questionada a autoria do crime a José Dirceu! Porque Dirceu? Por que comprovadamente era o beneficiário direto do esquema de corrupção!

LEMBREM-SE QUE DILMA E DIRCEU ERAM GUERRILHEIROS, segundo os registros históricos, mataram pessoas à sangue frio, torturaram, sequestraram e roubaram! Receberam até treinamento militar na extinta URSS e em CUBA! Eles ainda apoiam e fazem-nos financiar esta ilha com seu regime sanguinário e ditatorial com mais de 100 mil presos políticos! Pessoas de bem nunca fariam isso, seja qual for o motivo! Para gente assim, dentro da forma deles pensarem, a morte de meia dúzia de pessoas é algo normal, se os fins forem atingidos!

Dirceu enganou a própria esposa, por anos, escondendo dela a verdadeira identidade, tendo um filho com ela e abandonando-a depois! Isso retrata do que este sujeito é capaz de fazer! Até hoje Dirceu mantém estreitas relações com os chefes dos governos de esquerda, recebendo todo o apoio destes, ele é a "ponte" do partido petista e base aliada com estes governos, facções e movimentos de esquerda mundo afora!

Lembrem-se de que quem estava equilibrando a balança para haver um Segundo Turno era Eduardo Campos, pois ele retirava votos do PT, pela sua linha socialista e também por ser do Nordeste, região com muitos votos daquele partido! O maior beneficiário da morte dele e da Marina, analisando friamente os dados, seria o PT! Podendo até ganhar em primeiro turno com a ausência destes candidatos! Se realmente foi um atentado, o problema é que quem cometeu, não imaginou que a morte de Campos iria gerar tanta repercussão, e que Marina Silva iria desistir de embarcar naquele jato na última hora, ou seja, o tiro saiu pela culatra! Recaindo, por motivos já explicados, sobre o PT e se foi este partido quem realmente arquitetou a queda do avião, deu um tiro no próprio pé!

Quanto às intenções de inviabilizar Marina Silva, lembrem-se de que o PT e a base aliada fizeram de tudo até conseguirem impedir a homologação do registro da campanha dela e por causa disso, esta teve que se aliar como vice de Eduardo Campos! Lembrem que ela teve mais de 20 milhões de votos na última eleição e no segundo turno não apoiou o PT (como esperava) e nenhum outro partido! Além disso, após Campos anunciar tal coligação, Lula foi pessoalmente visitar os líderes dos partidos aliados em cada estado, pressionando-os a não apoiar Eduardo, numa tentativa de afundar a campanha do governador de Pernambuco à presidência!

Outra fato que corrobora com as suspeitas é que na CPI da Petrobrás, o PT armou um teatro, uma farsa, uma CPI onde tudo foi ensaiado previamente, para absolver a Dilma! Até no caso mais longínquo do boato acerca do fim do Bolsa Família, levaram à histeria as massas assistidas, e de início culparam, intencionalmente, a oposição, mas depois foi descoberto que foram eles mesmos que inventaram a farsa! Se são capazes de mentir dessa forma, burlando as lei e na cara de todo mundo, o que pensar do que são capazes de fazer nos bastidores e o público em geral não fica sabendo?

LEMBREM-SE DE QUE EDUARDO CAMPOS HAVIA DECLARADO APOIO A AÉCIO NEVES NUM SEGUNDO TURNO SE ESTE FOSSE DISPUTÁ-LO CONTRA DILMA ROUSSEF, outra fato que acarreta ainda mais em tais desconfianças!

LEMBREM-SE DE QUANTOS OUTROS PRESIDENTES (NEM CANDIDATOS ERAM) JÁ MORRERAM SOB CIRCUNSTÂNCIAS SUSPEITAS NA HISTÓRIA DO BRASIL!

ABRAM O OLHO! DIANTE DO EXPOSTO, ESTE CASO MERECE SER BEM INVESTIGADO! O BRASILEIRO NÃO PODE SIMPLESMENTE ACEITÁ-LO!

DIZ UM DITADO TEXANO: "SE VOCÊ FOI ENGANADO, A CULPA E O PROBLEMA SÃO SEUS! POIS FOI VOCÊ QUEM DEIXOU SER ENGANADO!"

ATENÇÃO: NÃO AFIRMO E NEM LEVANTO SUSPEITAS QUE FOI O PT E OU MEMBROS DESTE PARTIDO QUE COMETERAM UM CRIME CONTRA OS TRIPULANTES DO AVIÃO DE EDUARDO CAMPOS, ATÉ PORQUE SOMENTE AS INVESTIGAÇÕES IRÃO ELUCIDAR TUDO, PORÉM, APENAS FAÇO UMA REFLEXÃO DOS FATOS E DA CONJUNTURA POLÍTICA DIANTE DOS ACONTECIMENTOS. AS CONCLUSÕES SÃO DE CADA PESSOA! O LIVRE ARBÍTRIO É DE CADA INDIVÍDUO!

Por Gustavo Sá

Esse povo deve ter uma falha genética que causa isso, só pode!

Lembrem-se do caso da TAM em 1996, onde aparentemente sabotaram o REVERSO do avião FOKKER 100 e caiu!

Lembrem-se do caso MAMONAS ASSASSINAS, onde o avião atingiu uma montanha numa velocidade muito maior, explodiu, bateu em milhares de árvores e como ficaram os destroços e os corpos? Muito diferentes do caso Eduardo Campos!

Lembrem-se do caso recente da Ucrânia, onde um avião comercial a 10.000 pés foi abatido por um míssil, explodindo e tiveram inúmeros destroços volumosos e corpos aos invés de fragmentos!

Aí vêm um monte de "INOCENTES" dizer que foi apenas um acidente, nada mais, sem espaço para indagações divergentes. Bem, e porque em maio/2014 a presidenta Dilma sancionou uma lei (n. 12.970) que acarretou na proibição do Ministério Público de investigar acidentes aéreos, somente podendo fazê-lo por ordem judicial (mordaça igual a da PEC 37)? Porque os destroços em geral e restos mortais não ultrapassaram 20 centímetros? Porque as testemunhas afirmaram que o avião estava já pegando fogo antes de tocar o solo e ninguém fala disso? Porque não dizem que este modelo de jato nunca havia sofrido uma queda com vítimas no mundo inteiro? Porque não dizem que o jato estava todo manutenido e era novo, mas já bem experimentado? Porque não falam que os pilotos eram muito experientes e que as condições no exato local não estavam tão ruins? Porque não dizem que um jato superpotente, um dos pais modernos do mundo, com 2 turbinas faz arremetidas facilmente (mesmo com apenas uma delas)? Porque não dizem que esta é uma manobra comum? Porque tentam culpar o piloto dizendo que estava cansado, se ele falou normalmente com a torre e ainda conseguiu desviar dos prédios? Se ele conseguiu desviar dos prédios, em condição de iminente queda e com o avião pegando fogo, não iria conseguir fazer uma manobra de arremetimento antes? Porque a caixa-preta não registrou somente o vôo da queda? Você já ouviu isso acontecer em outro acidente aéreo?

Porque o Ministro do TSE, Dias Toffoli (indicado pelo PT), não irá realizar testes públicos de segurança com as urnas eletrônicas nestas eleições (única em que isso não ocorreu)? Porque LULA em seu exercício, implantou a troca do software das urnas eletrônicas que eram da Microsoft com código fechado, para um de código aberto, onde ficaram vulneráveis para fraudes? Porque Lula falou num vídeo com Dilma (veja no youtube) "eles não sabem do que somos capazes de fazer para garantirmos a reeleição"? Porque o PT e a presidenta estão tão quietos neste momento pós-morte do candidato do PSB, já que eram tão próximos (Eduardo foi ministro do governo Lula e sempre foi aliado político historicamente)?

Porque os EUA enviaram nota de preocupação (algo raríssimo de acontecer)? Porque os EUA enviaram peritos para investigar (do órgão deles correspondente a ANAC) juntamente com os técnicos da empresa fabricante do jato?

Lembrem-se de que JOAQUIM BARBOSA saiu da presidência do STF de modo estranho e apático, onde, nos bastidores, dizem que saiu por ter tido sua família ameaçada! Com a saída dele soltaram do presídio JOSÉ DIRCEU e agora, mais recentemente, José Genuíno!

Porque era importante soltar José Dirceu? Por que ele era o articulador e mentor do PT, nas campanhas e na política! O PT precisava dele neste momento de eleições a todo e qualquer custo! Dirceu é um indivíduo que intimida e coloca medo até nos membros importantes do PT! Sempre foi ele quem mandava no PT! No governo Lula era dito que ele era o verdadeiro presidente, lembram?

JOSE DIRCEU E DILMA eram inimigos declarados de Eduardo Campos, foi por causa de Dirceu que Campos rachou com o PT!

Lembrem-se do CASO CELSO DANIEL, onde tentaram culpar até a porta da Mitsubishi daquele! Neste caso, o acusado do crime de ASSASSINATO foi o empresário "Sombra", porém é questionada a autoria do crime à José Dirceu! Porque Dirceu? Por que comprovadamente era o beneficiário direto do esquema de corrupção!

LEMBREM-SE QUE DILMA E DIRCEU ERAM GUERRILHEIROS, segundo os registros históricos, mataram pessoas à sangue frio, torturaram, sequestraram e roubaram! Receberam até treinamento militar na extinta URSS e em CUBA! Eles ainda apoiam e fazem-nos financiar esta ilha com seu regime sanguinário e ditatorial com mais de 100 mil presos políticos! Pessoas de bem nunca fariam isso, seja qual for o motivo! Para gente assim, dentro da forma deles pensarem, a morte de meia dúzia de pessoas é algo normal, se os fins forem atingidos!

Dirceu enganou a própria esposa, por anos, escondendo dela a verdadeira identidade, tendo um filho com ela e abandonando-a depois! Isso retrata do que este sujeito é capaz de fazer! Até hoje Dirceu mantém estreitas relações com os chefes dos governos de esquerda, recebendo todo o apoio destes, ele é a "ponte" do partido petista e base aliada com estes governos, facções e movimentos de esquerda mundo afora!

Lembrem-se de que quem estava equilibrando a balança para haver um Segundo Turno era Eduardo Campos, pois ele retirava votos do PT, pela sua linha socialista e também por ser do Nordeste, região com muitos votos daquele partido! O maior beneficiário da morte dele e da Marina, analisando friamente os dados, seria o PT! Podendo até ganhar em primeiro turno com a ausência destes candidatos! Se realmente foi um atentado, o problema é que quem cometeu, não imaginou que a morte de Campos iria gerar tanta repercussão, e que Marina Silva iria desistir de embarcar naquele jato na última hora, ou seja, o tiro saiu pela culatra! Recaindo, por motivos já explicados, sobre o PT e se foi este partido quem realmente arquitetou a queda do avião, deu um tiro no próprio pé!

Quanto às intenções de inviabilizar Marina Silva, lembrem-se de que o PT e a base aliada fizeram de tudo até conseguirem impedir a homologação do registro da campanha dela e por causa disso, esta teve que se aliar como vice de Eduardo Campos! Lembrem que ela teve mais de 20 milhões de votos na última eleição e no segundo turno não apoiou o PT (como esperava) e nenhum outro partido! Além disso, após Campos anunciar tal coligação, Lula foi pessoalmente visitar os líderes dos partidos aliados em cada estado, pressionando-os a não apoiar Eduardo, numa tentativa de afundar a campanha do governador de Pernambuco à presidência!

Outra fato que corrobora com as suspeitas é que na CPI da Petrobrás, o PT armou um teatro, uma farsa, uma CPI onde tudo foi ensaiado previamente, para absolver a Dilma! Até no caso mais longínquo do boato acerca do fim do Bolsa Família, levaram à histeria as massas assistidas, e de início culparam. intencionalmente, a oposição, mas depois foi descoberto que foram eles mesmos que inventaram a farsa! Se são capazes de mentir dessa forma, burlando as lei e na cara de todo mundo, o que pensar do que são capazes de fazer nos bastidores e o público em geral não fica sabendo?

LEMBREM-SE DE QUE EDUARDO CAMPOS HAVIA DECLARADO APOIO A AÉCIO NEVES NUM SEGUNDO TURNO SE ESTE FOSSE DISPUTÁ-LO CONTRA DILMA ROUSSEF, outra fato que acarreta ainda mais em tais desconfianças!

LEMBREM-SE DE QUANTOS OUTROS PRESIDENTES (NEM CANDIDATOS ERAM) JÁ MORRERAM SOB CIRCUNSTÂNCIAS SUSPEITAS NA HISTÓRIA DO BRASIL!

ABRAM O OLHO! DIANTE DO EXPOSTO, ESTE CASO MERECE SER BEM INVESTIGADO! O BRASILEIRO NÃO PODE SIMPLESMENTE ACEITADO!

DIZ UM DITADO TEXANO: "SE VOCÊ FOI ENGANADO, A CULPA E O PROBLEMA SÃO SEUS! POIS FOI VOCÊ QUEM DEIXOU SER ENGANADO!"

ATENÇÃO: NÃO AFIRMO E NEM LEVANTO SUSPEITAS QUE FOI O PT E OU MEMBROS DESTE PARTIDO QUE COMETERAM UM CRIME CONTRA OS TRIPULANTES DO AVIÃO DE EDUARDO CAMPOS, ATÉ PORQUE SOMENTE AS INVESTIGAÇÕES IRÃO ELUCIDAR TUDO, PORÉM APENAS FAÇO UMA REFLEXÃO DOS FATOS E DA CONJUNTURA POLÍTICA DIANTE DOS ACONTECIMENTOS. AS CONCLUSÕES SÃO DE CADA PESSOA! O LIVRE ARBÍTRIO É DE CADA INDIVÍDUO!

(Para aqueles que estão me questionando, não sou ligado a nenhum partido político e não pedi voto a nenhum candidato, mais de uma coisa tenho certeza, no PT não voto e trabalho por convicções próprias, pessoais para que não votem nesse partido e naqueles que formam sua base de apoio! Gustavo Sá)

Fonte: Face do Gustavo Sá

Síndrome do ‘sempre ligado’ atinge usuários de smartphones; entenda.


Uso constante do aparelho torna mais difícil separar trabalho da vida pessoal, criando desafios para empresas, funcionários e vida pessoal
Uso constante do aparelho torna mais difícil 
separar trabalho da vida pessoal, criando 
desafios para empresas, funcionários 
e vida pessoal

Você está de férias, mas checa os e-mails do trabalho assim que acorda. E fica preocupado se o hotel não tiver um bom wi-fi ou se seu celular ficar sem sinal.

Esses são típicos indícios de que você pode sofrer do estresse conhecido como “sempre ligado”, que afeta pessoas que não conseguem largar de seus smartphones.

Para alguns, os aparelhos os liberaram de uma rotina rígida no escritório. As horas de trabalho ficaram mais flexíveis, dando mais autonomia ao funcionário. Para outros, no entanto, os smartphones se transformaram em verdadeiros tiranos dentro do bolso, impedindo que seus usuários se desconectem do trabalho.

E essa dependência torna-se cada vez mais preocupante, segundo observadores.

O americano Kevin Holesh estava tão preocupado com o fato de ignorar cada vez mais parentes e amigos por conta de seu iPhone que criou um aplicativo – Moment – para monitorar seu próprio uso.

O aplicativo lhe permite contar a quantidade de tempo gasta no smartphone e adverte se esse uso ultrapassar limites que Holesh se autoimpôs.

“O objetivo é promover o equilíbrio na vida”, diz seu site. “(Passar) um tempo no telefone e um tempo sem ele, aproveitando sua família e seus amigos.”

Desligar

E alguns empregadores estão percebendo que não é muito fácil manter esse equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Alguns precisam de ajuda externa.

A montadora alemã Daimler, por exemplo, recentemente passou a oferecer um “apagador” automático de e-mails para funcionários em férias, reconhecendo que muitos têm dificuldade em se desligar do trabalho.

“Os impactos negativos dessa cultura do ‘sempre ligado’ são que a sua mente nunca descansa, você não dá ao seu corpo o tempo para se recuperar e fica sempre estressado”, disse à BBC a psicóloga ocupacional Christine Grant, do centro de pesquisas em psicologia e comportamento da Universidade Coventry (Grã-Bretanha).

“E, quanto mais cansaço e estresse, mais erros cometemos. A saúde mental e física pode sofrer”.

O fato de podermos estar conectados ao trabalho em qualquer lugar do mundo está fomentando inseguranças, prossegue Grant.

“Há uma enorme ansiedade quanto a delegar”, diz. “Na minha pesquisa, encontrei diversas pessoas exaustas porque viajavam conectadas o tempo todo, independentemente do fuso horário em que estivessem”.

As mulheres causam preocupação em especial: muitas passam o dia trabalhando, voltam para casa para cuidar dos filhos e ainda fazem uma jornada extra no computador antes de dormir.

“Essa jornada tripla pode ter um grande impacto na saúde”, opina Grant.

Adoecendo

O presidente da Sociedade Britânica de Medicina Ocupacional, Alastair Emslie, concorda, alegando que centenas de milhares de britânicos relatam anualmente sofrer de estresse no trabalho – a ponto de adoecerem.

“As mudanças tecnológicas contribuem para isso, sobretudo se fizerem os funcionários se sentirem incapazes de lidar com as crescentes demandas ou perderem o controle sobre sua carga de trabalho”.

Dados indicam que os britânicos passam até 11 horas diárias consumindo mídias; e o Brasil tem um dos maiores índices globais de uso diário de smartphones (cerca de 1h30).

E, com o crescimento no número de smartphones, cresce também a quantidade de dados à nossa disposição – o que pode levar a uma espécie de paralisia, argumenta Michael Rendell, que trabalha com a consultoria PwC.

“Isso cria mais estresse no ambiente de trabalho porque as pessoas estão tendo de englobar uma quantidade maior de informações e meios de comunicação, e é difícil gerenciar tudo. Torna-se mais difícil tomar decisões, e muitos perdem produtividade por estarem sobrecarregados e sentirem que nunca escapam do trabalho”.

“Achamos que ficar checando e-mails é trabalhar, mas muitas vezes não é algo produtivo”, argumenta o advogado britânico Tim Forer.

Ele explica que a checagem constante de e-mails fora do escritório pode, em alguns casos, desrespeitar legislações trabalhistas. “Isso coloca em risco o dever da empresa em zelar por seus empregados”, diz.

Disponíveis

Uma pesquisa da empresa de TI SolarWinds diz que mais da metade dos trabalhadores entrevistados sente que é esperado que eles trabalhem mais rápido e cumpram prazos menores por estarem mais conectados. Quase a metade deles acha que seus empregadores esperam que eles estejam disponíveis a qualquer hora ou lugar.

Claro que nem tudo é negativo. Chris Kozup, diretor da empresa de telecom Aruba Networks, diz que um estudo conduzido pela própria empresa “mostra que essa ideia de estar ‘sempre ligado’ está, na verdade, ajudando os trabalhadores a gerenciarem o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal”.

A chave é fazer com que essa flexibilidade aja em seu favor e ser disciplinado quanto ao uso de smartphones.

Ou seja, se você vai sair de férias, lembre-se de ativar os alertas que avisarão que você estará “fora do escritório”, de desligar seu telefone e mantê-lo longe do alcance quando for dormir. E o conselho de Christine Grant é: lembre-se de que “raramente você é o único capaz de resolver um problema” no escritório.

Fonte: G1 e BBC Brasil

Lula, de presidente da República a animador de auditórios amestrados



Como sempre, Augusto Nunes, cujo texto é imbatível, soube como ninguém interpretar as palavras do Apedeuta ao lado do empresário pernambucano Armando Monteiro, que a exemplo de outros oportunistas do mesmo naipe, se converteu ao lulismo.

Neste vídeo, Lula vocifera e ameaça o que denomina “Eles”, ou seja, a Oposição. Depois do escândalo de Rosemary Noronha, sua amante, Lula sumiu das ruas e se mostra irritado, fato que, segundo consta, está prejudicando a sua combalida saúde. Só fala em ambientes petistas previamente programados e cercados de gorilas vermelhos. A cena é ridícula e, ao mesmo tempo, é o emblema dos governos do famigerado PT.

O comentário de Augusto Nunes vai diretamente ao ponto. Leiam:

“O animador de auditórios amestrados vai despejando frases sem pé nem cabeça enquanto zanza atrás da mesa no palco. Estaciona perto da nuca de Dilma Rousseff, põe a mão esquerda no ombro da afilhada e empunha com a direita o microfone . Então, mirando a cabeça da candidata, Lula rosna o que é simultaneamente uma palavra de ordem e uma ameaça.

“Eles não sabem que nós seremos capazes de fazê, democraticamente, pra fazê com que você seja nossa presidenta por mais quatro anos neste país”, diz o mestre a seus discípulos. “Democraticamente”, como ensina o Glossário da Novilíngua Lulopetista, quer dizer “sem camburão e sem jornalista por perto”. Se a polícia cumprisse o seu dever e a Justiça valesse para todos, o que fizeram de lá para cá o chefe supremo e seus devotos bastaria para que bancada da seita no presídio da Papuda se tornasse amplamente majoritária.

As anotações nos prontuários companheiros referentes aos últimos dois meses confirmam que, para o bando disfarçado de partido, só é proibido perder a eleição. O resto pode. A turma acredita que pode, por exemplo, estuprar a CPI da Petrobras, violar a internet para difamar jornalistas independentes, forçar também o TCU a inocentar culpados ou chantagear bancos que alertam os clientes para os fracassos da política econômica sem rumo nem juízo. Fora o resto.

Em nações civilizadas, pecados bem mais leves dão cadeia. No Brasil, os fora da lei fantasiados de pais da pátria seguem em liberdade, prontos para atravessar pelo menos mais dois meses fazendo coisas de que até Deus duvida”.

Fonte: Blog do Aluízio Nunes

Jornalista da Globo inventa fatos para envolver pastor à CPI da Petrobras


Jornalista da Globo inventa fatos para envolver pastor à CPI da Petrobras

Revista Época faz matéria tendenciosa contra o diretor da Transpetro, Rubens Teixeira.

O jornalista da Revista Época, da Rede Globo, publicou na última segunda-feira (11) uma matéria tendenciosa contra o pastor Rubens Teixeira, diretor financeiro da Transpetro. Diego Escosteguy acusa o diretor de ter forjado contratos e dirigido licitações que beneficiariam pessoas próximas.

Famoso por usar artifícios e subterfúgios mentirosos em suas matérias, Diego Escosteguy trata o diretor como líder evangélico e chega a informar que Rubens dá cultos na igreja Ministério Óleo e Vida, quando na verdade Teixeira frequenta a igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Marechal Hermes, Rio de Janeiro, e não exerce cargo de liderança eclesiástica.

Diretor da sucursal de Brasília da Revista Época, Escosteguya faz sérias acusações contra Teixeira baseado em erros factuais, além de demonstrar um evidente preconceito contra os evangélicos ao repetir por diversas vezes que o diretor financeiro da estatal é um pastor.

Construída em torno de fatos distorcidos, a matéria publicada por Diego chega a informar que Teixeira não teria perfil técnico para assumir o cargo, sem levar em consideração as qualificações de Rubens Teixeira, que é formado oficial de carreira da arma de infantaria na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), cursou engenharia no Instituto Militar de Engenharia (IME) e foi aprovado em concurso para o cargo de analista do Banco Central. É Mestre em Engenharia Nuclear, Doutor em Economia e Pós-graduado em Auditoria e Perícia Contábil.

Teixeira foi autor de trabalho premiado pelo Tesouro Nacional sob o título “A Importância da Credibilidade para o Equilíbrio Fiscal: uma avaliação para o caso brasileiro”. Este trabalho, baseado em sua tese de doutorado em Economia, foi realizado em parceria com Helder Ferreira Mendonça, que acabou por influenciar o governo Dilma na política de redução dos juros vigente atualmente. Na dissertação, o doutorando, fez uma equação diferencial na qual mostrou a importância da queda dos juros para o crescimento econômico da nação.

O Gospel Prime entrou em contato com a assessoria da empresa e conversou com alguns funcionários, que negam que Teixeira use a nomenclatura eclesiástica em ambiente de trabalho.

Além de afirmar que o pastor foi apadrinhado para ocupar o cargo, Diego Escosteguy afirma que Teixeira contratou uma empresa, chamada Gênesis Consultoria, sem licitação. Sendo que a contratação foi feita por um gerente por conta da experiência e especialização da dona, Izabel Cristina Machado. O contrato teria sido feito por gerentes da Gerência Geral de Serviços Administrativos, depois de receber do diretor a missão de otimizar contratos e reduzir custos.

O jornalista afirma que a empresa de Izabel Cristina Machado não tinha experiência, mas somente havia prestado serviços para a Transpetro, sendo que Izabel acumulou cerca de 30 anos de experiência de logística e segurança do Banco Central. Foi chefe da Divisão de Logística do Departamento do Meio Circulante do Banco Central do Brasil, que também cuidava da segurança, do armazenamento e de transporte de bilhões de reais que circulam em todo o território nacional. Um ano após ela deixar a chefia da Divisão o Banco Central sofreu o maior assalto do país.

Na reportagem o jornalista afirma que o diretor usou carro oficial durante as férias e finais de semana, sendo que Teixeira interrompeu várias vezes as suas férias para atender compromissos da empresa. Portanto, no momento que passou a trabalhar, não estava mais de férias. Além disso, os carros são terceirizados, não são propriamente da empresa, e são usados pelos diretores em qualquer dia em que haja a necessidade de representação da empresa, sendo que jamais os veículos foram usados em atividades de lazer ou compromissos pessoais.

Não existe restrição quanto ao uso dos veículos oficiais, desde que os diretores estejam cumprindo compromissos ou representando a empresa.

Diego Escosteguy acusa o pastor de dirigir licitações convocando oito 8 empresas para concorrer a um contrato de aluguel de carros, sendo que 5 não eram do ramo, quando na verdade Rubens Teixeira precisava convocar apenas 3 empresas. Além disso, Teixeira não foi o responsável direto pelas convocações, mas os gerentes da diretoria, seguindo uma escala de hierarquia.

O diretor afastou diversos coordenadores e gerentes após verificar fragilidades ao longo das modificações que teve de implementar. Seis pessoas teriam sido afastadas da companhia por serem parentes de pessoas com funções de confiança e novos procedimentos contratuais foram feitos sob a supervisão de Teixeira.

Rubens Teixeira não é o primeiro pastor alvo de acusações por um jornalista ligado a Rede Globo. Ano passado o Pastor Marco Feliciano, deputado federal pelo Partido Social Cristão de São Paulo, foi duramente criticado por jornalistas e pessoas com vinculo com a emissora durante a sua passagem pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados.

A Globo tem sido criticada por líderes evangélicos, como o pastor Silas Malafaia, presidente da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), por promover questões de degradação moral e usar suas novelas para fazer ativismo pró-gay.

Jornalista mentiu sobre Joaquim Barbosa

O ministro Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, foi um dos alvos do jornalista Diego Esosteguy, que cometeu erros graves de apuração e falhas éticas em uma matéria sobre Barbosa.

Escosteguy chegou a mentir sobre o encontro entre os dois, que de acordo com o ministro, havia pedido apenas para cumprimenta-lo e para se apresentar, e transformou o encontro em entrevista, atribuindo aspas ao ministro, sem o seu consentimento.

Na matéria Ecosteguy chegou a acusar o ministro de ter manipulado uma votação, impedindo deliberadamente que um ministro do STF se manifestasse. Em uma carta enviada a revista Época, Joaquim Barbosa fez duras criticas a postura do jornalista.

Fonte: Gospel Prime

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Pare de Sofrer?



Por Rev. Leandro Lima

Ninguém gosta de sofrer (exceto os masoquistas), nem é preciso gostar. Porém, será que todo sofrimento pode ser evitado? Quem nunca viu panfletos ou placas em frente de igrejas com o convite: “pare de sofrer”? É claro que, num país onde há tantos problemas, tanto sofrimento, as pessoas se sentem atraídas por esse tipo de anúncio. Mas a questão é: isso é bíblico?

Ao contrário de prometer ausência de sofrimento, Jesus alertava seus discípulos sobre a necessidade de encarar e enfrentar o sofrimento (João 16.33). As dificuldades não iriam desaparecer através de um ritual "gospel". Jesus disse que alguém deveria “fazer as contas” antes de pensar em se tornar um discípulo. Em Lucas 14.25, quando multidões vieram até ele, mandou-as “calcular" se estavam dispostas a abrir mão dos confortos e do próprio “eu" para se tornar um seguidor. Há uma cruz aguardando os discípulos (Lc 14.27).

Na verdade, por isso mesmo, uma pessoa, ao se tornar cristã, vai sofrer ainda mais do que os não cristãos, pois além dos sofrimentos físicos compartilhados com os incrédulos, há um tipo novo e exclusivo de sofrimento, típico de um cristão verdadeiro, que sofre diante da incredulidade do mundo, sofre por causa das tentações e de seus próprios pecados.

É claro que Deus pode realizar curas e diminuir em muito nossos sofrimentos passageiros nesta vida, e também fé significa crer no poder de Deus, porém os maiores homens e mulheres de Deus na história desenvolveram doenças graves, passaram lutas com filhos, além de outras grandes dificuldades. Veja o exemplo do Apóstolo Paulo e sua lista de sofrimentos em 2Co 11.24-27. Seja sincero. Você já viu algum pregador da prosperidade ler este texto, ou fazer algum apelo com base nele? Acho que não ia dar muito resultado...

O que muitos não percebem é que Deus tem propósitos com o sofrimento. Existe uma profunda espiritualidade que só se desenvolve através do fogo da provação. O sofrimento purifica nossa fé (1Pe 1.6-7), enfraquece nosso orgulho (2Co 12.7) e nos torna mais parecidos com Jesus (Fp 3.10). Por isso, Paulo se gloriava nas tribulações (Rm 5.3). E Pedro diz que, através delas, podemos experimentar uma “alegria indizível e cheia de glória” (1Pe 1.9).

Está com algum problema? Faça como Paulo: ore ao Senhor para que tire o problema. É correto inclusive insistir. Paulo pediu 3 vezes (2Co 12.7-8). E se o Senhor disser “não”? Revolte-se? Exija seus direitos diante de Deus? Determine? Decrete? Um verdadeiro crente, nesse caso, confia na “graça que basta”, e aprende a viver contente em toda e qualquer situação (Fp 4.11).

Fonte: Facebook

Sobre falsa postagem de "profecia" a Eduardo Campos. Compartilhem!


NOTA DE ESCLARECIMENTO

Nestes últimos dias, têm sido veiculadas por meio da internet muitas postagens especulativas sobre uma mensagem de morte que teria sido proferida ao nosso querido ex-governador Eduardo Campos, por ocasião de sua presença em um culto na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima.

Quero dizer que NÃO tem procedência tais afirmações, já que em nenhum momento daquela reunião foi ouvido, por qualquer dos presentes, nada que venha corroborar a possibilidade do vaticínio de sua morte. Também NÃO procede a afirmativa de que seu pai era presbítero da igreja.

Pelo que percebemos, há pessoas mal intencionadas que ficam fazendo postagens sem nenhum conhecimento dos fatos, e outros que as curtem, comentam e compartilham sem nenhum senso crítico responsável.

Sempre publicamos reuniões e fatos relevantes de nossa igreja para a comunidade cristã. Em nenhum momento isto foi sequer publicado ou ventilado por nós nesta página ou em qualquer outro lugar. Não sabemos de onde partiu tais especulações.

Vimos pedir a todos que não se deixem levar por tais postagens. É momento de serenidade, reflexão e oração pelas famílias enlutadas, que merecem todo o nosso respeito e consideração.

Que Deus Abençoe.

Pr. Roberto José dos Santos

OBS.: PEÇO QUE COMPARTILHEM.
OBRIGADO.

Fonte: Micheline'Blogs

Copiloto da aerovane de Eduardo Campos era evangélico

Copiloto da aerovane de Eduardo Campos era evangélico


Geraldo Magela Barbosa da Cunha, 44, um dos pilotos que estava no acidente aéreo que vitimou Eduardo Campos, tinha 20 anos de experiência. Com mais de 1500 horas de voo, foi piloto da TAM antes de assumir o cargo de piloto do candidato, há 3 meses.

A família afirma que ele estava feliz com a nova conquista profissional. De berço evangélico, era natural de Governador Valadares (MG), mas viajava constantemente para os EUA, onde reside seu cunhado.

Entrevistada pelo jornal Estado de Minas, a mãe do piloto, Odete Ferreira da Cunha, 73, soube da notícia da morte do filho caçula pela televisão. “Eu estava no médico quando vi a notícia”, lembra. Afirmou ainda que sua fé está ajudando a superar a perda. “Não cai uma folha de uma árvore sem que seja vontade de Deus. O Senhor está me confortando. É nosso refúgio e nossa fortaleza”.


O pastor Renato Bernarde, da Comunidade Cristã Presbiteriana de Newark, onde Geraldo e Josiane congregavam nos EUA, deixou a seguinte nota em sua página do Facebook.

“Aos irmãos, congregados e amigos da CCP Newark. Um dos tripulantes do avião que caiu em Santos, São Paulo, onde faleceu o candidato Eduardo Campos, era o nosso Geraldo (Magela) Cunha. Ele está com o Senhor. Josiane, sua esposa, grávida de 7 meses, está aqui NJ, preparando o enxoval do bebê. Muitos irmãos e amigos estão juntos neste momento de dor com eles. A presença e conforto de Deus são claras. Cubra-os com suas orações e cuidado”.

Sua esposa, Joseline, está em New Jersey (EUA). Segundo o EM, ela viajou para fazer o enxoval do segundo filho do casal. A menina deverá nascer em Outubro e se chamará Ana. Rui Barbosa, irmão do piloto, conta que a mulher está em estado de choque. Assim que se recuperar voltará para Santa Luzia, zona urbana de Belo Horizonte, onde mora.

Fonte: Gospel Prime

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Brasileiro ganha 'Nobel' da matemática

O matemático Artur Avila, de 35 anos, premiado com a Medalha Fields Foto: Américo Mariano

Carioca de 35 anos, Artur Avila é premiado com Medalha Fields, maior prêmio da sua área no mundo.

Um carioca de 35 anos se tornou o primeiro brasileiro a receber a prestigiada Medalha Fields, considerada o prêmio Nobel da matemática. Artur Avila foi anunciado como merecedor da láurea máxima da União Internacional de Matemática (IMU, na sigla em inglês), durante o Congresso Internacional de Matemáticos, nesta terça-feira, quarta de manhã em Seul, na Coreia do Sul, onde o evento acontece. A medalha é entregue a cada quatro anos, a no mínimo dois e no máximo quatro profissionais com menos de 40 anos cujos trabalhos um comitê secreto julga terem sido fundamentais para o avanço da matemática. Junto com Avila, este ano a Fields foi entregue também ao canadense Manjul Bhargava, ao austríaco Martin Hairer e à iraniana Maryam Mirzakhani.

“Artur Avila fez notáveis contribuições no campo dos sistemas dinâmicos, análise e outras áreas, em muitos casos provando resultados decisivos que resolveram problemas há muito tempo em aberto. Quase todo seu trabalho foi feito por meio de colaborações com cerca de 30 matemáticos de todo mundo. Para estas colaborações, Avila traz um formidável poder técnico, a engenhosidade e tenacidade de um mestre em resolver problemas e um profundo senso para questões profundas e significativas. Os feitos de Avila são muitos e abrangem uma ampla gama de tópicos. Com sua combinação de tremendo poder analítico e profunda intuição sobre sistemas dinâmicos, Artur Avila certamente continuará um líder na matemática ainda por muitos anos”, escreveu o comitê da IMU na sua justificativa para o prêmio.

Ex-aluno de duas escolas tradicionais do Rio, os colégios Santo Agostinho e São Bento, o calculista coleciona medalhas desde os 13 anos, quando ganhou um bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) de 1992. De lá até receber a sonhada Fields, Avila conquistou alguns ouros em outras edições da olimpíada e concluiu seu doutorado no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em 2001, aos 21 anos. Hoje, divide seu tempo entre o Impa, onde atua como pesquisador extraordinário, e o trabalho de diretor de pesquisa do Centro Nacional de Pesquisas Científicas da França, em Paris.

"Sentia isso como uma pressão"

À diferença do Nobel, cujos vencedores só sabem da premiação após o anúncio oficial na Suécia, os ganhadores da Medalha Fields são informados previamente. O carioca, que já havia sido cogitado para o prêmio em 2010, recebeu a notícia há dois meses, com um certo alívio.

— Há vários anos existia uma expectativa nessa direção, e realmente eu sentia isso como uma pressão sobre mim, também pela sua importância para o Brasil, que de maneira um pouco estranha nunca teve prêmios internacionais desse porte, como um Nobel. Assim, ficava um pouco pesado. A notícia da medalha teve, para mim, um primeiro efeito de alívio — conta Avila.

O matemático trabalha com a área de sistemas dinâmicos, mais conhecida como a teoria do caos, que busca descrever e prever como evoluem todos os sistemas que mudam com o tempo. A formação de uma nuvem, por exemplo, desenvolve-se como base em um sem-número de fatores. Trata-se de um campo de mais alta complexidade. No Impa, a notícia sobre o prêmio foi recebida com muita festa:

— Essa medalha para o Artur vem primeiro coroar o trabalho individual dele, mas, ao mesmo tempo, é coerente com a situação da matemática brasileira — pondera César Camacho, diretor-geral do Impa. — Não é como um salto quântico. Um feito excepcional, sim, mas não fora da curva. É resultado de um longo trabalho de construção do Impa como centro de excelência da matemática mundial nos últimos 62 anos. Somos uma instituição aberta, com muitos contatos e interação com outras no exterior, e na qual tudo é feito com base no mérito.

Avila e os outros três ganhadores deste ano se juntam às outras 52 pessoas laureadas desde a primeira Medalha Fields, em 1936. O prêmio foi criado pelo canadense John Charles Fields, para “reparar” o erro do sueco Alfred Nobels, que, ao elaborar o Prêmio Nobel, em 1895, desconsiderou a matemática como ciência importante. Hoje, os ganhadores da Medalha Fields recebem 15 mil dólares canadenses (R$ 31 mil). Valor bem menor do que as 8 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 2,7 milhões) pagos aos premiados com o Nobel. Nas 17 edições anteriores da Fields, os americanos foram os mais premiados (12 vezes). A medalha de Ávila é a primeira de um matemático da América Latina.

Orientador do pesquisador em seu doutorado no Impa, Welington de Melo afirma que o trabalho dele já o credenciava à medalha no congresso de 2010, na cidade indiana de Hyderabad (a próxima edição, aliás, acontece no Rio, em 2018.).

— Ele só não ganhou porque tinha outra chance. Os trabalhos que tinha feito já eram mais do que suficientes — avalia. — O Brasil nunca teve um ganhador do Nobel antes, e a Fields é algo até mais difícil. Espero que o Artur sirva como estímulo para outros jovens se esforçarem para serem grandes matemáticos e continuarem a levar a matemática brasileira e mundial a um altíssimo nível.

Ex-professor e hoje colaborador de Avila, Marcelo Viana, pesquisador do Impa e presidente da Sociedade Brasileira de Matemática, diz que um dos talentos dele é a capacidade de transitar por muitas áreas da matemática avançada.

— Artur pegou a bagagem que acumulou no Impa e foi além. Ele é muito produtivo, tem grande capacidade de concentração e não faz nada que não seja profundo — elogia.

Presidente da IMU e primeira mulher nesse posto, a belga Ingrid Daubechies vê em Avila versatilidade e espírito colaborativo.

— Ele trabalha com sistemas dinâmicos, um campo muito interessante que se conecta com uma ampla gama de aplicações, mas também com diversas dificuldades técnicas e questões em aberto das quais muitas ele simplesmente derrubou ou desbloqueou. — explica. — Artur surpreendeu pela abrangência de suas colaborações. Antes, era frequente que os mais fortes resultados fossem obtidos por matemáticos isoladamente ou em colaboração com apenas uma pessoa, mas isso está mudando. Muitos dos melhores e mais jovens matemáticos gostam de colaborar entre si. Esta é uma característica de Artur.

Assim como Camacho, Ingrid vê na escolha de Avila para o prêmio um reconhecimento da comunidade matemática internacional ao trabalho realizado pelo Impa.

- O Impa tem sido um forte centro de produção de pesquisas em matemática já há muitos anos e isso é um reconhecimento de que o Brasil agora chegou ao mais alto nível possível – diz. - A matemática é a mais antiga das ciências e é maravilhoso ver o seu desenvolvimento em locais fora dos centros tradicionais, como na Europa e América do Norte.

Fonte: O Globo

A morte de Eduardo Campos e o futuro


Por Reinaldo Azevedo

Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência da República, ex-governador de Pernambuco e ex-ministro, está morto. Tinha 49 anos. Um acidente aéreo, em circunstâncias ainda desconhecidas, pôs fim a uma trajetória exitosa. Há exatos nove anos, morria Miguel Arraes, seu avô, de quem era o herdeiro político. Querem saber? Pior para o país. O que vai acontecer agora? O resto é escuro.

Por mais que seja desagradável entrar neste tipo de conjectura, ela precisa ser feita. Vamos ao que não pode ser feito: o PSB não pode, por exemplo, se coligar a uma nova frente partidária. Fica com uma de duas escolhas: ou lança uma candidatura ou não lança ninguém. Nessa segunda hipótese, mesmo sem coligação formal, seu tempo na TV não pode nem ser usado em defesa de outra candidatura.

A saída que parece natural — desprezados os fatores contrários, dos quais tratarei — é Marina Silva, que veio da Rede, mas está filiada ao PSB, se transformar na candidata do partido. Não custa lembrar que, na última pesquisa Datafolha em que seu nome foi testado, em abril, ela apareceu com 27% dos votos, contra apenas 14% de Campos. Isso não quer dizer que os números se repetiriam hoje. O tucano Aécio Neves, então, tinha apenas 18%; no mais recente Datafolha, está 20%. O ex-governador de Pernambuco havia caído na preferência do eleitorado e marcou apenas 8%. Se e quando o nome de Marina voltar a frequentar as pesquisas, o que vai acontecer?

A realização de um segundo turno sempre foi mais provável com Marina como candidata do PSB do que com Campos. E esse será certamente um fator muito forte a pesar em favor do seu nome. Mas a solução não é nada simples.

Campos e a líder da Rede conseguiram firmar um entendimento que transitava muito mais no terreno afetivo do que no das afinidades eletivas. A relação de Marina com o PSB chega a ser, em muitos casos, explosiva. Há mais divergências de ponto de vista do que convergências. O tempo na TV, destaque-se, é do partido. Com Campos vivo, sempre se apostava que os dois conversariam e que se chegaria a um consenso ao menos afetivo. Sem ele…

Não é só uma questão de agenda, não. Também há dificuldades nos Estados. Marina tentou implodir uma série de alianças feitas pelo PSB — e São Paulo é um exemplo claro disso. A dificuldade, em suma, está em o PSB ungir a candidatura de alguém que sabe não pertencer ao partido. Daqui a pouco, não é segredo para ninguém, ela ruma para a sua própria sigla e leva junto os membros da Rede que conseguirem se eleger.

Não há perspectiva de futuro que consiga, no entanto, nos tirar da perplexidade.

Fonte: Site da Revista Veja