domingo, 1 de novembro de 2009

Espere pela orientação de Deus

Deus nos dá impressões no coração, mas isso não quer dizer que devamos agir mediante as impressões. Se a impressão for divina, Ele mesmo dará evidências suficientes para confirmá-la para que não haja sombra de dúvida.


Como é bonita a história de Jeremias quanto à impressão que lhe veio para comprar o campo de Anatote. Mas Jeremias não seguiu a impressão, senão no dia seguinte, quando o filho de seu tio veio a ele e lhe trouxe a evidência externa, com uma proposta de venda. Então Jeremias disse: "Entendi que era a palavra do Senhor" (Jr 32.8).


Esperou até que Deus confirmasse a impressão com uma providência, e então agiu na plena visão dos fatos concretos, que podiam trazer convicção tanto a ele como aos outros.


Deus quer que ajamos de acordo com a Sua mente. Não devemos ignorar a voz pessoal do Pastor, mas, como Paulo e seus companheiros em Trôade, devemos ouvir todas as vozes e "juntar" todas as circunstâncias, como fizeram eles, à plena mente do Senhor.


Esperemos, pois, pela orientação de Deus.


Por Dr. Simpson, via Reflexões - no caminho da vida