sexta-feira, 12 de março de 2010

O Batismo no Espírito Santo


Todo aquele que aceita a Cristo como salvador, passa a ter o Espírito Santo em sua vida.
A regra bíblica para alguém pertencer a Cristo é que este tenha o Espírito de Cristo em sua vida. Caso contrário, o tal não pertence a Ele, (Rm 8.9). O novo nascimento é de ordem espiritual. É efetuado pela Palavra de Deus em conjunto com a ação do Espírito Santo na vida daquele que crer (Jo 3.5; Rm 10.8-10).
Não devemos confundir essa primeira obra do Espírito Santo, que se trata da regeneração, e acontece mediante o novo nascimento, com o batismo no Espírito santo. Este acontece posterior à salvação e não como algo automático à salvação. Ter o Espírito Santo mediante a salvação é ser batizado no corpo de Cristo, para a formação da Igreja no mundo, mas não se trata ainda do batismo no Espírito Santo (1Co 12.13; Gl 3.27)
Portanto, o crente fiel já tem o Espírito Santo por meio da salvação, resta agora o batismo no Espírito Santo. Os discípulos já tinham o Espírito Santo antes do Pentecostes, mas só depois no Pentecostes é que foram batizados no Espírito Santo (Jo 20.22).
O crente é propriedade de Deus, o Espírito Santo é o selo que assegura a quem pertencemos, isto a partir da salvação. Não se trata do batismo no Espírito Santo, mas do penhor do Espírito que nos faz possessão do Senhor (Ef 1.13,14).

Predições do Batismo no Espírito Santo

O batismo no Espírito Santo foi prometido no Antigo Testamento e confirmado no Novo Testamento, como podemos ver:

Na profecia de Joel, (Jl 2.28,29);
Na profecia de Isaías, (Is 44.3);
Profetizado por João Batista, (Mt 3.11);
Jesus predisse e prometeu, (Lc 24.49; Jo 14.16; At 1.5).

Pedro declarou que a promessa se destina a todos os homens, em todos os lugares e épocas.

Em seu discurso após a descida do Espírito sobre os crentes no cenáculo, Pedro explicou o que estava acontecendo afirmando que todos poderiam participar daquela experiência (At 2.39). Conforme o texto podemos destacar as seguintes palavras de Pedro:
É para vós. A geração de judeus ali presentes;
Para vossos filhos. Os ali presentes e para as gerações vindouras;
Para os que estão longe. Os que estavam distantes geograficamente e cronologicamente;
Para quantos o Senhor Chamar. É para qualquer individuo que responda ao chamado para a salvação em Cristo Jesus, isto vai do Pentecostes até o fim da presente era.
O batismo no Espírito Santo não ficou restrito aos cento e vinte reunidos no cenáculo, mas prosseguiu acontecendo:
Entre os samaritanos convertidos, (At 8.14-17);
No caso do apóstolo Paulo, (At 9.17);
Na casa de Cornélio, (At 10.44-46);
Nos discípulos em Éfeso, (At 19.1-7).
Jesus disse que “os sinais seguirão aos que crer”, um dos sinais é: “... em meu nome falarão novas línguas”, isto se refere ao batismo no Espírito Santo, (Mc 16.17). Jesus quer batizar a todos. Todas as promessas de Deus têm em Jesus o sim, e por Ele o amém para a glória Deus, (Lc 11.10-13; 2Co 1.20).

Três maneiras de acontecer o batismo no Espírito Santo

Embora o batismo no Espírito Santo seja só um, há, pelo menos, três formas distintas dele acontecer:
Automaticamente. Neste caso não há nenhuma intervenção humana no sentido de estimular a fé (At 2.2-4);
Pela imposição das mãos. Há servos de Deus que são usados com imposição de mãos para ministrar bênçãos sobre as vidas, entre elas o batismo no Espírito Santo. Entendemos tratar-se de um dom (At 8.17-19; 9.17; 19.6);
Mediante a pregação da Palavra. A fé brota no coração do ouvinte da Palavra de Deus e o leva a receber o cumprimento das promessas do Senhor, como no caso aqui exposto, o batismo no Espírito Santo, (At 10.44-46; 15.8,9).
A Realidade do Batismo no Espírito Santo
Há alguns conceitos errôneos quanto ao batismo no Espírito Santo:

Não é para a salvação. A verdade é que o batismo no Espírito Santo não é para a salvação, mas para os salvos, e só na condição de salvo é que pode receber o batismo no Espírito Santo;
Não é sinônimo de santidade. Santidade não é sinônimo de batismo no Espírito Santo, embora necessário para o mesmo, as duas coisas são distintas uma da outra. Uma pessoa pode ser santa e cheia do fruto do Espírito, mas ainda não ser batizada no Espírito Santo, esta é outra condição da vida cristã (Hb 12.14);
Não é somente alegrar-se. Sentir grande alegria e emoção, não significa que o crente seja ou haja sido batizada no Espírito Santo. É dever e privilégio do cristão ter uma vida alegre como resultado da salvação (Rm 14.17; Fp 4.4).

O que é realmente o batismo no Espírito Santo?

É mergulhar na plenitude do Espírito. A palavra batismo no grego é baptizo, que significa “mergulhar”, “imergir”. Assim, o batismo no Espírito Santo descreve um mergulhar no Espírito, e fala do transbordar do poder.
É o revestimento do poder do alto. Somente o crente batizado no Espírito Santo pode ser revestido do poder que vem da parte de Deus.
É uma capacitação para o crente. Antes do Pentecostes os discípulos eram tímidos e medrosos, mas após o batismo no Espírito Santo foram capacitados para testemunharem com ousadia (At 4.31).
É uma dinâmica para a oração. Além de orar com mais disposição, o batismo no Espírito Santo leva o crente a orar em outras línguas. Ele ora no espírito e o Espírito intercede por ele (Rm 8.26,27; Ef 6.18).

Como Receber o Batismo no Espírito Santo
O batismo no Espírito Santo não depende de circunstâncias tais como:

Mérito. Trata-se de um dom de Deus;
Método. O Espírito opera como quer;
Data. Jesus é Soberano e batiza quando lhe apraz;
Local. O Senhor batiza onde quer;
Postura física. O que vale é a postura do coração.

Alguns princípios bíblicos são recomendáveis para o recebimento do batismo no Espírito Santo

Arrependimento. Uma vida de arrependimento é de fundamental importância; compreende em mudança de atitude e volta para Deus, (At 2.38);
Obediência. A obediência é o meio prático para aumentar a confiança em Deus. O Senhor não abençoa quem vive em desobediência à sua vontade;
Desejar. Todos os crentes devem desejar o batismo no Espírito Santo. Deus não opera contra o desejo da pessoa (1Co 12.31);
Crer. O batismo no Espírito Santo é para todos, mas somente aquele que crê falará novas línguas (Mc 16.17; Gl 3.2);
Buscar. Todos os crentes devem buscar o batismo no Espírito Santo com sede ardente na presença do Senhor (Jo 7.37-39);
Pedir. Jesus afirmou que o Pai daria o Espírito Santo àquele que lhe pedir, (Lc 11.13);
Através de Jesus. O Espírito batiza a pessoa no corpo de Cristo, a Igreja. Jesus batiza o crente no Espírito Santo, Jesus é o doador do Espírito, (Jo 1.33).