quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

O Cristo Genérico (versão estendida)



Cristo Genérico: Milhões matariam por ele.
Jesus Autêntico: Milhões morreriam por Ele.

Cristo Genérico: Os fins
justificam os meios.
Jesus Autêntico: Decreta os fins e estabelece os meios.

Cristo Genérico: A
auto-estima acima de tudo.
Jesus Autêntico: O Amor acima de tudo.

Cristo Genérico: Os
interesses pessoais como prioridade.
Jesus Autêntico: O Reino de Deus e a Sua Justiça.

Cristo Genérico: Multiplicar para
concentrar recursos.
Jesus Autêntico: Compartilhar para espalhar recursos.

O Cristo Genérico é encontrado nas prateleiras dos
mercados da fé.
O Jesus Autêntico é encontrado em nosso semelhante, principalmente
nos marginalizados, nos excluídos, nos famintos.
O Cristo Genérico é um aliado dos poderes constituídos
O Jesus Autêntico Se solidariza com os oprimidos

O Cristo Genérico está disponível nas
catedrais.
O Jesus Autêntico não se acomoda na suntuosidade dos templos.

O Cristo Genérico busca ser
bajulado.
O Jesus Autêntico é honrado quando colocamos em prática o que Ele ensinou.

O Cristo Genérico se contenta com mãos
erguidas aos céus em louvor.
O Jesus Autêntico procura por mãos estendidas ao próximo em amor.
Um é adepto do marketing e está sempre preocupado com o que dá certo.
O Outro  não está nem aí para imagem, e Se preocupa com o que é certo.

Um adora os holofotes dos palcos.
O Outro prefere a discrição dos bastidores.

Um aponta o
dedo para acusar.
O Outro estende o braço para ajudar.

Um busca quem o 
defenda diante dos homens.
O Outro procura quem defenda a causa dos oprimidos.

Um é aclamado por quem deseja 
cabeça e não calda.
O Outro é amado por quem prefere servir a ser servido.


Por Hermes C. Fernandes