quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

70% DOS PASTORES ESTÃO ESTRESSADOS

1,5 mil abandonam ministério por esgotamento


Por: Redação Creio

Mesmo sendo a profissão mais satisfatória, este chamado ainda é muito estressante é o que aponta uma pesquisa. Com carga horária exaustiva e muitas responsabilidades - para quem vive a realidade das grandes templos a tensão de criar um minisério sólido, sem escândalos e fiel ás sagradas escrituras. Para quem vive o pequeno ministério, o desafio de ser lider espiritual, gestor, motivar pessoas e ainda ter tempo para cuidar da familia.


O resultado são líderes cada vez mais estressados. O Instituto Francis Schaeffer de Desenvolvimento de Liderança Eclesiástica (FASICLD – Francis A. Schaeffer Institute of Church Leadership Development) juntamente com o Instituto Fuller, inciaram em 1989 uma pesquisa com pastores americanos e o resultado foi preocupante. Veja mais abaixo:

2) Mil e quinhentos pastores abandonam o ministério todo mês por conta de desvios morais; esgotamento espiritual ou contendas na igreja.

3) 80% dos pastores sentem-se desqualificados para o exercício do ministério.

4) 50% deles afirmaram que se pudessem deixariam o ministério.

5) 70% dos pastores americanos lutam com a depressão.

6) Quase 40% deles afirmaram ter tido algum tipo de relacionamento extraconjugal desde que iniciaram seu ministério.

7) E 70% afirmaram que só lêem a Bíblia quando preparam seus sermões. 

Nesta quinta-feira, dia 15, como pastores lidam com o estresse e como isto afeta o Coração.

Fonte: Creio