segunda-feira, 12 de março de 2012

Mulheres podem ser pastoras?


Por Rô Moreira

Bom, me pergunatram a bem pouco tempo o que eu achava sobre mulheres no mistério pastoral, eu disse que apesar de ser mulher, penso que este minsiterio esta reservado apenas a homens idôneos, pois penso eu que há igualdade no tratamento e não nas funções ....

"Jesus ensina esta igualdade.

Marcos 12:25 Pois , quando ressuscitarem de entre os mortos , nem casarão , nem se darão em casamento ; porém , são como os anjos nos céus Quando ressuscitarem dos mortos....

Neste período, nesta época específica, sim, não haverá funções eclesiásticas, nem casamentos, por que estaremos com um corpo diferente deste atual, que sente necessidades inerentes a sua condição humana e carnal, porém, neste período atual, para haver uma ordem na administração das Igrejas, que fazem parte do Corpo de Cristo, Ele mesmo deu uns (masculino, diferente de umas), para apóstolos....outros....(masculino, diferente de outras), e assim sucessivamente, contudo, quando deixarmos esta nossa condição atual, humana e carnal, e formos transformados em um corpo "igual ao dos anjos" e , passarmos a sermos iguais a Ele, O SENHOR Jesus Cristo, nosso salvador, então sim, neste período, somente neste período específico, não atualmente não haverá a NECESSIDADE das funções eclesiásticas-administrativas, por que o que era em parte, será pleno, "o que em parte criamos e em parte profetizamos", será o TODO, e, estaremos diretamente ligados ao Nosso Salvador, e seremos

ADMINISTRADOS PESSOALMENTE, dentro Dele, um corpo só. Porém atualmente na nossa condição atual, não existe fulcro bíblico para as funções eclesiásticas serem exercidas por mulheres, mas Ele, Jesus Cristo, deu uma forma, um modelo para cada um de nós seguirmos, em quanto estivermos vivendo com este corpo carnal, modelo este que as funções eclesiásticas são exercidas pelos homens, no sentido de masculinidade. 

Eu concordo que devido ao fato da revolução feminina que circula no mundo atual, no sentido de sistema humano, dá para alguns desavisados querer implementar este costumes em nosso meio, mas a Palavra nos adverte para não amarmos o mundo e nem as coisas que no mundo há, e eu incluo entre estas coisas o feminismo, quando usado para ir de encontro aos princípios bíblicos.

Existe base Bíblicas?

1- I Tim. 3:12,1- neste versículo "diácono" termo masculino.
2- I Tim. 3:11, "da mesma sorte as mulheres", não esta escrito nem diaconisa, e sim mulheres, se fosse tudo igual, como se querem afirmar o texto deveria ser escrito desta forma:

_ Da mesma sorte as diaconisas sejam honesta, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo.

Mas, não foi esta a forma que o Espírito que inspirou ao Ap. Paulo ao se dirigir as mulheres, pois, partindo da primícia da Pré-ciência de Deus, se Ele quisesse que houvesse mulheres nas funções de governo eclesiástico, Ele, O Soberano Deus, deixaria isto bem claro em sua Palavra, evitando assim, estes arranjos anti-bíblicos com o fito de se igualar a feminismo que tantos males tem trazido para as pessoas mundanas ou cristãs, e isto por que está discrepante com a Palavra de Deus.

3- "Fazer distinção entre homem e mulher não é anti-bíblico", mas o oposto sim que é ir de encontro ao Projeto de Deus.

4- No caso da Juíza Débora, ter julgado o povo, no caso Israel, em um momento específico, não houve nada demais, assim como Priscila, esposa do irmão Áquila, da Rainha Ester, e muitas outras mulheres que foram usadas por Deus, da mesma forma que temos ainda hoje santa mulheres, que são, com muito sinais e demostração do Poder de Deus, usadas para Sua Honra e Glória, NÃO DÁ BASE PARA EXISTIR PASTORAS, nas Igrejas atuais, por que não tem base bíblica para fulcrar esta "ordenação ou unção". Porém, é moral, ético, lícito e legal o cargo de Juízas, Governadoras, Promotoras, e afins...... 

O que não pode é querer usar disto como pretexto para os "arranjos espirituais", com o pretexto de estarmos na "graça", pois está na Graça é estar na Obediência. 

Para não ser enfadonha mais do que o necessário, termino, respeitosamente, dizendo que existe várias centenas de textos bíblicos que mostram que existe diferença nas funções e atribuições, eclesiásticas e seculares, entre homem e mulher, diferenças estas, feitas pelo nosso Criador.

Desculpe-me as mulheres até porque sou mulher e tenho um Blog de mulheres, mas é de Mulheres Sábias. Então, não há base Bíblica, apesar de Jesus ter valorizado as mulheres graças a Deus POR ISSO. Mas não discrimino quem quer que seja e respéito as irmãs que são pastoras. Mas esta é minha opinião e respeito quem pense ao contrário. Paz e tenham uma boa semana!



Fonte: Mulheres Sábias, Blog da Rô