sábado, 9 de junho de 2012

O Dia do Pastor

No 2º domingo de junho é comemorado em todo o Brasil O Dia do Pastor.




Por Pr. Levi Costa

O pastor é alguém vocacionado para cuidar das ovelhas do Senhor e por Ele é capacitado para dirigir a igreja nas suas atividades espirituais, ministeriais e administrativas. Entre os dons ministeriais encontra-se o de pastor, por tratar-se de um dom e de uma vocação: “E ele mesmo concedeu uns para... pastores e mestres", (Ef 4.11). Note que Ele mesmo, o próprio Senhor Jesus, concedeu à igreja, dentre todos, apenas uns para o pastorado, pois nem todos têm essa vocação. Quanto ao mestre (ou doutor, na versão corrigida), segue-se o mesmo princípio. O mestre pode até não pastorear, mas o pastor deve sempre ensinar, deve ser dotado do conhecimento das Escrituras, (1Tm 3.2; At 13.1). O pastor tem como características o amor pelas ovelhas e pela Palavra de Deus, (Jr 3.15; At 20.28).

Davi, ainda bem jovem, cuidava das ovelhas de seu pai no campo. Essa experiência foi descrita no salmo 23, o salmo do pastor. Os pastores orientais portavam um cajado para defender suas ovelhas de quaisquer ataques, seja de animais ou de salteadores. Mas, a mesma vara que protegia também disciplinava quando a ovelha se desviava do caminho, o salmista diz: “a tua vara e o teu cajado me consolam”, não só o cajado, mas também a vara consola. O pastor é o guardador das ovelhas, é o guia, o protetor (Sl 23; Is 40.11). A Bíblia menciona quatro tipos de coroas como recompensas para os fiéis, as quais são: A coroa incorruptível, a coroa da vida, a coroa da justiça e a coroa de glória. Esta última, a coroa de glória, está reservada exclusivamente para os que pastoreiam o rebanho do Senhor, (1Pd 5.2-4). Que Deus nos conceda graça e sabedoria na realização dessa árdua missão, porém gloriosa, apascentar o rebanho que Ele nós confiou.

A Deus seja a glória!