sexta-feira, 2 de novembro de 2012

A MORTE E OS MORTOS


INTRODUÇÃO: A Bíblia diz que "Deus pôs a ideia da eternidade no coração do homem" (Ec 3.11). Pode ser uma alusão à parte espiritual do homem que sobrevive  à morte física. Muitos perguntam: “A alma fica ou morre com o corpo ou a alma parte para um lugar e o espírito para outro? Ou ambos se entrelaçam e partem juntos após a morte do corpo? Vamos analisar estas questões.

I - O SIGNIFICADO DE MORTE SEMPRE FOI SEPARAÇÃO. 

Na morte física o corpo se separa da alma e do espírito ocasião em que o pó volta a terra como era, pois quando o corpo é sepultado ele vira pó “Então o nosso corpo voltará para o pó da terra, de onde veio, e o nosso espírito voltará para Deus, que o deu.” Eclesiastes 12.7. (Linguagem de hoje).

O homem é possuidor de duas partes imortais, a saber, alma e espírito. Estas duas partes interligadas formam o “homem interior”, um ser vivente e especial, o verdadeiro “eu” – “Por isso, não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.” - 2Coríntios 4.16, (cf. Romanos 7.22; Efésios 3.16)

a) Alma e espírito possuem uma mesma substância e natureza.

Convivem juntos ocupando o mesmo espaço, posto não serem de substância orgânica, mas espiritual. Após a morte física, isto é, a separação do espiritual do material, o corpo volta à terra, mas a alma e espírito se entrelaçam formando um só corpo espiritual.

Na morte, o homem interior (alma/espírito), se desintegra do homem exterior (corpo) e segue o seu destino eterno. Na morte o homem não deixa de existir, apenas sua alma e espírito deixam o corpo.  Embora se possa matar o corpo, contudo, não se pode matar a alma,“E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.” - Mateus 10.28

“Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.” - Tiago 2.26.

Portanto, a Bíblia é clara em afirmar que o homem é um ser triparte, composto de: “ESPÍRITO ALMA E CORPO”- “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.” - 1Tessalonicenses 5.23; 

 “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” - Hebreus 4.12

II - DEUS DESTINA O ESPÍRITO E A ALMA AO SEU DEVIDO LUGAR APÓS A MORTE DO CORPO.

A pergunta que não quer calar é: “para onde vão as almas após a morte do corpo e quem determina isso?” A resposta é: DEUS, Ele é quem determina o destino das almas dos mortos para o seu devido lugar, no livro de Jó é chamado este lugar de Casa do ajuntamento: “Porque eu sei que me levarás à morte e à casa do ajuntamento destinada a todos os viventes.” - Jó 30.23;

As almas dos salvos são conduzidas ao Paraíso, enquanto que as almas dos ímpios são levadas para o Hades. Ao deixarem o corpo, espírito e alma não ficam reduzidos a um estado de silêncio, de inatividade ou de inteira inconsciência. A alma não cessa de existir após a morte do corpo. A imagem e semelhança de Deus no homem referem-se à sua parte imaterial composta de alma e espírito. Após a morte física, a alma continua a existir plenamente consciente de sua individualidade, vejamos os textos bíblicos:

 “E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?” - (Apocalipse 6.9,10)

As palavras de Jesus ao ladrão arrependido foram: “Hoje estarás comigo no Paraíso” Lucas 23.43.

No episódio do rico e Lázaro é dito: “E aconteceu que o mendigo morreu e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico e foi sepultado. E, no Hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão e Lázaro, no seu seio” - Lucas 16.23.

Há um estado intermediário entre a morte e a ressurreição em que o espírito e a alma aguardam em seu devido lugar. “Estamos muito animados e gostaríamos de deixar de viver neste corpo para irmos viver com o Senhor.” - 2Coríntios 5.8 (Bíblia na Linguagem de Hoje)

A expressão dormir ou sono para tipificar a morte, fala da indiferença dos mortos em relação à vida normal na terra. Dá a entender também, que um dia serão despertados outra vez à vida, conforme ocorreu com Lazaro:
“Assim falou e, depois, disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono. Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Mas Jesus dizia isso da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono. Então, Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto,” - João 11.11-14

Para Deus todos os que já morreram continuam vivos no além túmulo, e lá, Deus os contempla: “Os mortos tremem de medo nas águas debaixo da terra. Para Deus o mundo dos mortos é aberto; não há cobertura que o impeça de ver o que lá acontece.” - Jó 26.5,6

“E que os mortos hão de ressuscitar também o mostrou Moisés junto da sarça, quando chama ao Senhor Deus de Abraão, e Deus de Isaque, e Deus de Jacó. Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos, porque para ele vivem todos.” - Lucas 20.37,38

Mas os espíritos dos mortos não ficam perambulando à vontade, eles estão sob o controle de Cristo, Senhor dos vivos e dos mortos. “Foi para isto que morreu Cristo e tornou a viver; para ser Senhor tanto dos mortos como dos vivos.” - Romanos 14.9

Só Cristo tem as chaves da morte e do inferno, ou Hades, “e o que vive; fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém! E tenho as chaves da morte e do inferno.” - Apocalipse 1.18

III - NENHUM VIVO PODE MANTER CONTATO COM UM MORTO.

A Bíblia é categórica quanto à impossibilidade da volta de um morto para manter contato com um vivo. Eis o que diz a Palavra de Deus:
“Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu agora? Poderei eu fazê-la mais voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.” – 2Samuel 12.23

“Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir. Nunca mais tornará à sua casa, nem o lugar onde habita o conhecerá jamais.” Jó 7.9,10 (Bíblia Atualizada)

Os mortos não sabem coisa alguma do que está acontecendo no mundo dos vivos, ou seja, na terra, “Sim, os vivos sabem que vão morrer, mas os mortos não sabem nada. Eles não vão receber mais nada e estão completamente esquecidos. Os seus amores, os seus ódios, as suas paixões, tudo isso morreu com eles. Nunca mais tomarão parte naquilo que acontece neste mundo.” - Eclesiastes 9.5,6 (Bíblia na Linguagem de Hoje).

Saul morreu por ter consultado uma médium espírita no intuito de falar com um morto, no caso Samuel, “Saul morreu assim porque foi infiel a Deus, o SENHOR. Ele desobedeceu aos mandamentos de Deus e consultou os espíritos dos mortos, em vez de consultar o SENHOR. Por isso, Deus o matou e entregou o reino a Davi, filho de Jessé.” - 1Crônicas 10.13,14 

Portanto, a Bíblia condena terminantemente a consulta aos mortos, “Algumas pessoas vão pedir que vocês consultem os adivinhos e os médiuns, que cochicham e falam baixinho. Essas pessoas dirão: “Precisamos receber mensagens dos espíritos, precisamos consultar os mortos em favor dos vivos!Mas vocês respondam assim: “O que devemos fazer é consultar a lei e os ensinamentos de Deus. O que os médiuns dizem não tem nenhum valor” – Isaias 8.19,20

CONCLUSÃO: Após a ressurreição e julgamento dos ímpios, estes serão lançados no inferno eterno com espírito e alma num corpo de vergonha e desprezo eterno (Daniel 12.2). Os salvos ressuscitarão e brilharão eternamente em um corpo de glória semelhante ao corpo do Cristo ressurreto, as primícias dos que dormem, (Daniel 12.3; Filipenses 3.20,21).

(Palavra ministrada em um de nossos cultos de doutrina)