terça-feira, 10 de novembro de 2015

Identificando uma seita



No cristianismo, uma pessoa, para fazer parte, tem de nascer de novo (Jo 1.3-5); ser uma nova criatura (2 Co 5.17). Na seita, quem quiser fazer parte basta aderir a ela. É nos pontos controvertidos e de difícil compreensão da Bíblia que as seitas traçam todas as suas doutrinas (2 Pe 3.16).

* Jesus não é o centro das atenções 
* Têm outras fontes doutrinárias além da Bíblia
* Dizem serem os únicos certos
* Usam de falsa interpretação
* Ensinam o homem a desenvolver sua própria salvação
* São proselitistas

CARACTERÍSTICAS DAS SEITAS

- AUTORIDADE RELIGIOSA. As seitas são organizadas a partir de um líder ou fundador, que de forma “sobrenatural” recebeu uma nova revelação. As outras crenças estão erradas e só ele recebeu a revelação certa diretamente de Deus. Portanto, o que diz, pensa e escreve deve ser aceito obrigatoriamente pelos seguidores.

- FIDELIDADE PELO MEDO. Trabalhar e divulgar a seita quase sempre é obrigatório. Há uma ênfase escatológica, principalmente em relação ao fim do mundo. O seguidor tem que conseguir a salvação, que só pode ser encontrada dentro da seita. Na seita é proibido pensar. É o líder quem pensa, os outros são seus seguidores.

- RUPTURA COM O MUNDO SOCIAL. São alienados quanto ao que acontece no dia-a-dia As testemunhas de Jeová não leem jornal, não votam, os homens não prestam serviço militar, não comemoraram aniversário (nem o Natal) e nenhuma data cívica, e são estimulados a não cursarem nenhuma faculdade.

- PROSELITISMO. O seguidor de uma seita ganha outros adeptos convencendo-os de que a religião que participam está errada. Todo o trabalho é desenvolvido junto a alguém que já abraçou alguma fé.

- A BÍBLIA EM SEGUNDO PLANO. As seitas colocam a Bíblia à margem dos seus livros ou a usam como complemento às suas escrituras. Algumas religiões a consideram incompletas e cheias de erros, como é o caso do budismo, do hinduísmo e do islamismo. Não há nenhum testemunha de Jeová, adventista, mórmon ou qualquer seguidor de alguma seita que pertença a ela por ter estudado unicamente a Bíblia.

- AUSÊNCIA DA GRAÇA DIVINA. Nas seitas, a salvação é pelas obras e é parte fundamental da sua doutrina. O seguidor deve conquistar a salvação através de seus próprios méritos. Divulgar a seita e sua mensagem geralmente está relacionado a esta conquista.

“você está disposto a fazer pela verdade o que as seitas fazem pela mentira?” (Cf Jd v.3).