quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Incrível Graça


Norbert Lieth

O capitão de um navio que transportava escravos experimentou essa graça e escreveu o hino “Amazing Grace”.

Você conhece “Amazing Grace” (Incrível ou Maravilhosa Graça*)? É um dos hinos mais conhecidos dos países de língua inglesa – e também muito além deles.

O hino “Amazing Grace” foi escrito no século 18 por John Newton. Ele tinha sido ateu militante e capitão de um navio negreiro. Mas, no dia 10 de maio de 1748, ao enfrentar uma grave tempestade no mar, ele clamou a Deus por misericórdia. E foi salvo. Começou a tratar os escravos de forma mais humana. Depois de alguns anos, desistiu de vez da sua atividade. Tornou-se pastor anglicano e daí em diante empenhou-se em favor da abolição da escravidão.


* Em português, o hino é mais conhecido como “A Graça Eterna” ou “Preciosa Graça”. Publicamos a tradução literal.

Letra em Português

Maravilhosa graça, quão doce é o som
Que salvou um miserável como eu
Eu estive perdido, mas agora fui encontrado
Era cego, mas agora vejo

Foi a graça que ensinou meu coração a temer
E a graça meus medos aliviou
Quão preciosa foi a aparição da graça
No momento em que eu cri

O Senhor prometeu-me o bem
Sua Palavra assegura minha esperança
Ele meu escudo e porção será
Enquanto a vida durar

Muitos perigos, labores e ciladas
Já enfrentei
Foi a graça que me trouxe seguro até aqui
E a graça me conduzirá ao lar

Quando lá estivermos dez mil anos
Brilhando claramente como o Sol
Nosso tempo de louvar a Deus continuará
O mesmo de quando lá chegamos.